VISITE VIZELA

Descobriu que o pai morreu há três anos pelo Digital de Vizela

Pai
Filho
Nelson Filipe Reis Magalhães, de 32 anos procurava o paradeiro do seu pai há muito tempo mas foi depois de uma pesquisa no motor Google que lhe surgiu a notícia publicada pelo ddV a 4 de outubro de 2012 que lhe dava conta que nunca chegaria a conhecer o seu progenitor com vida. O pai, natural de Vizela, morrera aos 53 anos.



O vizelense Horácio Magalhães, pai de Nelson Filipe, foi sepultado em S. Miguel das Caldas-Vizela a 5 de outubro de 2012 com 53 anos de idade.
Os pais de Nelson ter-se-ão conhecido em Paços de Ferreira e ali gerado este único filho. Depois partiu cada um para seu lado.

Horácio Magalhães, natural de Vizela e e residente durante muitos anos na Praça da República, viveu os últimos anos da sua vida em Fafe. Trabalhava como churrasqueiro para a casa de pasto ambulante Campião que percorre inúmeras romarias do País entre as quais a grande festa de S. Bento das Pêras em Vizela. Também trabalhou em pistas de carrinhos de choque e deduz-se que terá sido guarda de um campo de futebol de um clube da distrital em Fafe. Era muito educado, pessoa simples e vivia do seu trabalho.

A mãe de Nelson é viva e tem contato regular com o filho. Durante todos estes anos, talvez magoada com o passado e com o pai do seu filho que partira, evitou conversar com o Nelson sobre quem era o seu pai e onde seria o seu paradeiro.

QUEM É O MEU PAI?
Nelson Filipe Magalhães

Horácio estivera no batizado do filho, mas Nelson era um bebé não conheceu o pai
Com cerca de 20 anos o Nelson foi trabalhar para Lisboa e só voltou a Frazão-Paços de Ferreira já com 30 anos feitos.
Há uns anos atrás, já a residir em Avintes, pediu ajuda à sua namorada para procurar o pai. A única coisa que Cláudia Freitas conseguiu descobrir junto da mãe do seu namorado foi que o pai de Nelson era de Vizela e que tinha irmãos.
Cláudia descobriria que Nelson não estava recenseado em nenhuma freguesia de Vizela mas mesmo assim não deixou de continuar a procurar nos registos de outras freguesias mas sem sucesso.
 «Porque a mãe do Nelson não quer falar sobre o passado, foi então que eu coloquei a hipótese ao Nelson do seu pai ter falecido. O meu namorado ficou abalado, pois para ele não saber porque o pai o tinha abandonado e não conhecer o pai atormentava-o imenso-o, mas tínhamos de saber a verdade. Então pesquisei na internet e descobrimos a notícia do Digital de Vizela» - revela Cláudia.

FOTOS DOS FAMILIARES

A mãe de Nelson foi confrontada pelo filho com a foto do Horácio que o ddV publicou (ela achou que estava parecido com o homem que conheceu em Frazão, 32 anos antes) e dos pais de Horácio, também falecidos pela mesma altura tendo de imediato reconhecido estes  (o pai do Horácio era Joaquim Magalhães, antigo sapateiro da Praça da República que morreu no ano do filho em 2012 e a mãe de Horácio morreu em 2013).
Horácio tinha quatro irmãos. O mais velho ficou profundamente emocionado quando o ddV lhe deu a conhecer toda esta história de vida...que o seu irmão falecido era pai de um homem de 32 anos e que este queria conhecer os tios.

José António Magalhães, residente em Vizela, disse que depois da partida do seu irmão para Fafe os encontros entre eles foram poucos. «Ele gostava de ser o mais livre possível e aventureiro. Não era pessoa de deixar contatos. Não sabia que tinha este filho» - diz chorando ao ver a foto do seu sobrinho.
«No Natal de 2011 passou aqui por minha casa e pareceu-me fraco. Disse-me que era um problema ligeiro de saúde e voltou para Fafe. Sabemos pouco sobre ele. Não tem mais filhos nem era casado. Passado uns tempos o presidente da Junta de Freguesia de S. Miguel, José Armando Branco veio aqui a minha casa informar-se que o meu irmão estava morto na morgue do hospital de Guimarães há dois dias. Fizemos-lhe o funeral aqui na nossa e sua terra» - recorda.
Cláudia e Nelson estão a agendar uma visita a Vizela para conhecer os familiares de Horácio Magalhães...e, naturalmente, levar uma flor ao cemitério de S. Miguel das Caldas de Vizela.

A NOTÍCIA DO ddV EM 2012

FALECEU HORÁCIO MAGALHÃES

Vítima de doença, faleceu com 53 anos de idade, Horácio Pereira de Magalhães.
Era filho do saudoso Sr. Magalhães "sapateiro" (residente por cima da ourivesaria Meira, na Praça da República-Vizela).
Horácio Magalhães residia em Arões-Santa Cristina-Fafe mas visitava frequentemente Vizela. Nas festas de S. Bento das Peras era habitual trabalhar com o grelhador da casa de pasto Campião.
O seu corpo encontra-se em câmara-ardente na capela mortuária de S. Miguel das Caldas, estando o seu funeral marcado para amanhã, sexta-feira, dia 5, pelas 9 horas, na mesma paróquia, indo depois a sepultar no cemitério de S. Miguel.
Condolências do ddV a toda a família.