O ddV saúda todos os candidatos às autarquias do Concelho de Vizela concorrentes às eleições de 1 de outubro. Viva o Concelho de Vizela.

Visitas a doentes no Hospital em Guimarães com novas regras

Com o objetivo de adequar os horários de visita a doentes internados às necessidades dos familiares dos mesmos e aos serviços hospitalares, o Hospital da Senhora da Oliveira aprovou um novo Regulamento de Visitas que irá implicar algumas alterações nos procedimentos e horários atuais. Este novo Regulamento entrará em vigor a partir do próximo dia 4 de janeiro 2016.


O doente poderá ter o acompanhamento de um familiar ou de pessoa significativa que pode contribuir para a preparação do doente para a alta, continuidade de cuidados no domicílio e parceiro dos cuidados no internamento.

As visitas e o acompanhamento familiar inserem-se na humanização dos cuidados de saúde e integram a componente assistencial sendo, por conseguinte, consideradas um direito do doente. Todos os doentes internados têm direito a receber ou a recusar visitas e a determinar por quem desejam ser visitados.

Os horários agora definidos refletem as características específicas de cada serviço e incluem, sempre que possível, a hora do almoço, do lanche e do jantar. Assim:

O acompanhante pode permanecer junto do doente no período das 11h00 até às 20h30, podendo ser substituído com o acordo do doente, e as visitas podem permanecer no período das 16h00 até às 20h00.




Horário


Número de pessoas

Acompanhante


11h00 até às 20h30


1

Visitas


16h00 até às 20h00


1



O número máximo de pessoas (visita e acompanhante) junto do doente nunca deve ultrapassar as duas pessoas. O cartão de acesso destinado ao acompanhante só pode ser trocado entre acompanhantes, sendo que o cartão destinado às visitas pode ser trocado entre os mesmos.

Recomenda-se que a permanência das visitas deve ser a mais breve possível, sendo desejável que não ultrapasse os 30 minutos.

Recomenda ainda a direção do hospital:

1. Se se sentir doente não visite doentes no Hospital, em especial se é portador de infeções das vias respiratórias, diarreia ou infeções de pele;

2. Visite apenas o seu familiar/amigo e evite o contacto físico com outros doentes ou com os seus pertences;

3. Mantenha o ambiente limpo; não deixe lixo no chão;

4. Não traga crianças para visitar os doentes;

5. Antes de entrar em contacto com o familiar/amigo, lave as mãos;

6. Não utilize as camas para se sentar, deitar ou colocar os seus objetos pessoais;

7. Não ultrapasse as barreiras que são colocadas pela equipa de saúde (cortina corrida, porta fechada com indicação de cuidados especiais, indicação de obras...);

8. Não toque em locais suscetíveis do doente (pensos de feridas, penso de fixação do soro, drenos, algálias...);

9. Não mexa em equipamentos/materiais do ambiente do doente;

10. Certifique-se junto da equipa de saúde se pode ou não auxiliar outros doentes, no caso de este auxílio lhe ser solicitado;

11. As plantas e as flores, apesar de darem um aspeto agradável ao ambiente, podem ser fonte de infeções para o doente que está debilitado.