VISITE VIZELA

18º Aniversário do Concelho de Vizela

Dinis Costa, Pe. Lemos, Pe. Constantino, Eduardo Cabrita, Avelino Pinheiro e Fernando Carvalho
Ministro Adjunto Eduardo Cabrita participou nas cerimónias oficiais do município de Vizela, onde foram homenageadas com Medalha de Mérito Municipal Grau Prata três instituições: Centro Social Paroquial de Barrosas (Santa Eulália), Centro Social Paroquial de São Miguel e Programa Alimentar de Vizela. O evento teve palco na Escola Básica e Secundária de Infias, sede do agrupamento de Escolas de Infias, que celebrou também o seu décimo aniversário.




As efemérides tiveram início com uma missa na igreja de S. Miguel, celebrada pelo arcipreste de Guimarães/Vizela, Pe. Constantino Sá, seguindo-se a recepção no edifício sede do município, onde o hastear das bandeiras foi acompanhado pelos hinos do país e do município interpretados pela Sociedade Filarmónica Vizelense.






Seguiram-se as habituais cerimónias protocolares, de homenagem e discursos, desta feita na sede do Agrupamento de Escolas de Infias - Vizela, onde o ministro Eduardo Cabrita, e demais membros da comitiva do município aniversariante, foram recebidos pelos alunos dessa mesma escola - também aniversariante - com uma música bem ensaiada e interpretada para o efeito.





Na sessão solene, abrilhantada também por várias interpretações dos jovens da Sociedade Filarmónica Vizelense, foram homeageadas com a Medalha de Mérito Municipal Grau Prata o Centro Social Paroquial de Barrosas (Santa Eulália), Centro Social Paroquial de São Miguel e o Programa Alimentar de Vizela




No período reservado aos discursos da sessão solene, ficam algumas das palavras mais importantes transmitidas pelos intervenientes:



Eduardo Cabrita (Gov.) - Recordando-se da luta feita na rua pelo concelho de Vizela essencialmente nas décadas de 80 e 90, manifestou a intenção de dar mais poder às autarquias na gestão dos seus recursos, para que exerçam os seus poderes de uma forma autónoma de acordo com as prioridades estabelecidas por quem interage mais proximamente com a população.
Destacou também o trabalho do seu governo no sentido de uma maior abertura dos programas de apoio aos municípios e de um "contrato de confiança" que acabe com a centralização do poder e que permita às autarquias locais gerir de forma autónoma os benefícios fiscais destinados a captar investimento.



Dinis Costa (CMV) - Enaltecendo o trabalho das associações homenageadas e do agrupamento de escolas de Infias, Dinis Costa manifestou o seu contentamento no investimento que a autarquia tem vindo a promover no parque escolar e no tecido solidário que prolifera no concelho. Aproveitando a presença do Ministro Adjunto, que tutela a Administração Local, revelou-se optimista na reversão da agregação de freguesias implementada pelo anterior governo e relembrou que no final da mais grave crise social, económica e financeira dos últimos anos, não deverá continuar a ser exigido tanto a quem só depende do rendimento do seu trabalho.
Anunciou também algumas obras de maior importância para o concelho como a conclusão da estrada paralela à Nacional 106, o investimento de 3M€ na requalificação da Escola Secundária de Caldas de Vizela e a esperança de se avançar com a ligação da Estrada Nacional 101-3 à auto-estrada A11.


Fernando Carvalho (AMV) - Para o presidente da Assembleia Municipal, garantiu que existe ainda um longo caminho a percorrer, pois 18 anos não são ainda suficientes para que o município possa atingir o patamar desejável, embora muito já tenha sido desenvolvido. Os jovens deverão ser uma das apostas no também jovem concelho, quer a nível social, de aproveitamento do investimento nos seus estudos assim como no aumento da participação política. Aproveitando a presença dos homenageados, lembrou também os restantes anónimos que fazem parte da grande malha de apoio social que cobre o concelho.

No segmento colocado à disposição das forças politicas com assento parlamentar na assembleia municipal, António Monteiro (CDU), para além das felicitações habituais, referiu que não foram tomadas as melhores medidas políticas no concelho nestes últimos anos, destacando a questão das Termas de Vizela, que se arrastou no tempo.

Fátima Andrade (Vizela é Para Todos) aproveitou para parabenizar o concelho e a escola de Infias, que faz parte, segundo a mesma, de um dos mais qualificados parques escolares do país. Referiu também a superlativa importância das vertentes solidárias, sociais e humanas existentes no concelho. Deixando ainda uma palavra de apreço aos empresários e investidores do município, e um apontamento às limitações e constrangimentos derivados do PAEL.

Agostinha Freitas (PS) - Referindo-se também às valências de excelência que Vizela possui ao nível do parque escolar, apontou a necessidade de planos de médio e longo prazo que permitam aumentar e fixar o investimento no concelho, não esquecendo também uma questão importante, como o caso da despoluição do Rio Vizela que tarda em acontecer com carácter definitivo.

No final da sessão, seguiu-se o almoço na mesma escola, tendo as actividades ao ar livre programadas para a tarde de hoje sido canceladas devido ao mau tempo que se faz sentir.