O ddV saúda todos os candidatos às autarquias do Concelho de Vizela concorrentes às eleições de 1 de outubro. Viva o Concelho de Vizela.

Vento forte a caminho

O início da semana vai ficar marcado pela chuva, mas sobretudo pelo vento forte em todo o território nacional, com as temperaturas mínimas a descerem na terça-feira.


De acordo com a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), esta segunda-feira, o território nacional está a ser afetado pela "passagem de uma superfície frontal fria de atividade fraca", que já passou nas regiões do norte e centro de Portugal, atravessando, até meio da manhã a região do sul.

"Prevê-se que, na sua passagem, ocorra chuva e depois da sua passagem a chuva passará a aguaceiros na região a norte do sistema Montejunto/Estrela, que poderão ser mais intensos e de granizo", explicou a meteorologista, garantindo que a partir do meio da tarde diminuem de frequência.

Maria João Frada destacou que esta segunda-feira vai ser sobretudo um dia "com muito vento", que soprará de moderado a forte, com rajadas que podem atingir os 80 quilómetros hora de modo geral e em todo o território nacional.

Já em relação às temperaturas, as máximas rondam os 12 a 14 graus Celsius a nível nacional, com exceção da costa sul do Algarve, onde podem atingir os 16 graus, enquanto nas zonas das serras do norte e centro não ultrapassarão os 10 graus.

A meteorologista adiantou que a precipitação está a ocorrer sob forma de neve nas terras altas do norte e do centro, em cotas abaixo dos mil metros de altitude e, gradualmente, depois com o decorrer do dia, a cota de neve irá ficar acima dos mil metros de altitude.

Para terça-feira, Maria João Frada aponta que o dia ainda será de muito vento, sobretudo no litoral do continente e nas terras altas, com rajadas que podem atingir os 70 quilómetros/hora.