FELIZ NATAL

Vice-presidente da Câmara de Vizela foi exonerado

Decisão foi tomada pelo presidente da Câmara, Dinis Costa, depois da reunião desta tarde. Victor Hugo Salgado (à direita na foto) fica sem pelouros e sem salário na Câmara de Vizela. Poderá apenas participar nas reuniões quinzenais, na sua qualidade de vereador sem pelouros. 
Victor Hugo tomou o primeiro conhecimento da decisão do presidente através dos jornalistas que acompanharam a reunião e colhiam depoimentos no final.


Presidente da Câmara não "perdoou" o desafio que o seu vice-presidente lhe fez ontem na assembleia extraordinária da Comissão Política Concelhia de Vizela com o objetivo de concorrer à presidência da Câmara em 2017 e retirou-lhe a confiança política depois da reunião de Câmara terminar.
Dinis Costa ganhou ontem à noite a eleição na Comissão Política por diferença de quatro votos (18-14) e esta tarde, após a reunião municipal retirou os pelouros ao seu vice-presidente. A decisão de Dinis Costa foi anunciada diante dos jornalistas no final da reunião e foi por estes que Victor Hugo Salgado, que esteve presente na reunião, soube que tinha sido demitido da vice-presidência e ficado sem qualquer pelouro.

Dinis Costa alegou à imprensa que estava à espera que Victor Hugo Salgado pusesse o lugar à disposição e como não o fez demitiu-o.
O vice-presidente, que detinha importantes pelouros na autarquia vizelense como as finanças e obras particulares, é exonerado a cerca de ano e meio das próximas eleições autárquicas e não quer prestar declarações para já.
A vereadora Dora Gaspar vai assumir as funções de vice-presidente da Câmara de Vizela.