FELIZ NATAL

Guimarães partilha nos EUA sucesso do programa de integração de refugiados

Município vimaranense integra delegação a convite da embaixada americana. Programa social “Guimarães Acolhe” é dado a conhecer na capital dos EUA, mas também nos estados de Arizona e da Geórgia.




A Câmara Municipal de Guimarães, através da Vereadora da Ação Social, Paula Oliveira, em representação do Presidente do Município, encontra-se a participar, até 25 de junho, num conjunto de reuniões nos Estados Unidos da América onde está a partilhar a experiência do bem-sucedido programa “Guimarães Acolhe”, projeto municipal de acolhimento de pessoas com necessidade de proteção social.



O programa de intercâmbio, denominado “Integração e Reinstalação de Refugiados”, promovido pela Embaixada dos EUA em Portugal, convidou 11 participantes portugueses a realizar reuniões de trabalho nos EUA, onde vão passar por Washington D.C., Phoenix (Arizona) e Atlanta (Geórgia) para encontros com representantes do governo federal e municipais, ONGs, da sociedade civil, entre outros.



Ao longo de dez dias, são examinadas questões tais como a forma como os governos centrais e as localidades desenvolvem políticas que levam à implementação de melhores práticas; a forma como o governo e as agências de execução locais se coordenam ao longo do processo de realocação e integração; a importância de fazer levantamentos de necessidades de saúde, de orientação cultural e de formação linguística; o modo como os governos locais e centrais têm promovido a aceitação através de uma consciencialização pública e campanhas de sensibilização cultural; e também a forma como os EUA integram objetivos de segurança nos processos de admissão e rastreio.



Troca de experiências
«Estamos felizes por proporcionar esta oportunidade de intercâmbio a uma delegação portuguesa tão diversa e tão importante, para que possam partilhar as suas experiências e ideias com os seus homólogos nos EUA. Contamos que este seja apenas o começo de uma colaboração bilateral continuada sobre temas de refugiados para o futuro», referiu o embaixador Robert Sherman.



O grupo é composto por representantes do Ministério da Administração Interna, do Ministério dos Negócios Estrangeiros, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, da Presidência do Conselho de Ministros, da Câmara Municipal de Guimarães e da Batalha, do Alto Comissariado para as Migrações, do Conselho Português para os Refugiados e da PAR – Plataforma de Apoio aos Refugiados