JOSÉ CID com Banda Vizelense, domingo,em Vizela às 17h00. Entrada livre.

"Victor Hugo Salgado candidato à Câmara de Vizela mesmo sem o PS"

NOTICIA JN: O socialista Victor Hugo Salgado, recentemente demitido das funções de vice-presidente da Câmara de Vizela, é candidato a presidente da Autarquia nas eleições do próximo ano.







NOTICIA JN: O socialista Victor Hugo Salgado, recentemente demitido das funções de vice-presidente da Câmara de Vizela, é candidato a presidente da Autarquia nas eleições do próximo ano.



O anúncio foi feito esta terça-feira à noite perante mais de 300 pessoas reunidas na Casa do Povo de Vizela. O candidato ainda não sabe se tem o apoio do PS, mas vai na mesma, nem que seja como independente: "Mais do que ser socialista, sou vizelense a minha terra está acima de qualquer partido".

Recorde-se que Victor Hugo Salgado convocou eleições na concelhia do PS Vizela para votar o candidato à Câmara e perdeu por 18 - 14 contra o atual presidente da Autarquia, Dinis Costa. Na sequência da votação concelhia, Dinis Costa retirou a confiança política a Victor Hugo Salgado e, consequentemente, os pelouros com a vice-presidência da Câmara. É o congresso do partido, marcado para 3 a 5 de junho em Lisboa, que vai decidir se o candidato apoiado é Dinis Costa ou Victor Hugo Salgado.

"O PS perderá a Câmara Municipal e o concelho mais socialista do país" caso não apoie a candidatura de Victor Hugo Salgado, antevê o próprio. Segundo ele, os vizelenses "estão fartos de pessoas que estão ao serviço dos seus interesses pessoais", "falta de sensibilidade democrática, autoritarismo político de quem está agarrado ao poder" e que pratica "atos anti-democráticos", acusa o mais recente candidato, referindo-se ao presidente da Câmara.

Na lista de mais de mil assinaturas recolhidas para forçar a sua candidatura, Victor Hugo Salgado conta com nomes de peso do PS local. O candidato à Assembleia Municipal é Fernando Carvalho, atual detentor do cargo, e três dos cinco candidatos a presidente de Junta fora eleitos pelo PS nas Autárquicas de 2013.

O nome escolhido para o movimento é "Vizela Sempre" e propõe-se apostar em seis eixos essenciais para conseguir a maioria absoluta: liquidar a dívida para baixar impostos, promover um ambiente económico favorável ao investimento na economia local, duplicar a rede social instalada no concelho, reforçar as competências das freguesias, revitalizar o Turismo, e criar mecanismos para a defesa e criação de emprego.JN

- Fotos de Júlio Coelho excepto a primeira.