VISITE VIZELA

Carta do Hospital Senhora da Oliveira

O Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães tem como missão prestar os melhores cuidados de saúde, com elevados níveis de competência, excelência e rigor na sua área de influência.
Por ser assim, delineou o seu «Plano de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas - inverno» no qual constam várias medidas para enfrentar a maior procura dos seus serviços nesta época de frio e gripe.


Destas, salienta-se a parceria com diversas instituições na região através da contratação de cerca de 75 camas extra-hospitalares destinadas a doentes com alta clínica enquanto aguardam colocação na RNCCI, permitindo mesmo uma maior proximidade dos doentes com as suas famílias. No caso, o utente é informado e toma a decisão de dar a sua aceitação expressa que, quando o quadro clínico apresentar indicadores de estabilidade, e sempre sob supervisão e sugestão médica, o Hospital possa proceder à sua transferência, de acordo com uma matriz de criticidade adequada à necessidade de cuidados médicos, para as unidades, serviços e instalações considerados mais indicados para a sua recuperação, e de modo a garantir a manutenção de oferta assistencial aos restantes utentes em condições clínicas consideradas mais críticas e exigentes do ponto de vista de alocação de recursos hospitalares.



O Hospital informa também sobre a melhor forma de acesso aos cuidados de saúde da rede do Serviço Nacional de Saúde (SNS), a qual integra.

Em Portugal está estudado e provado que cerca de 40% dos acessos aos serviços de urgência hospitalares não se justificam. A época de frio e gripe que vivemos é o melhor exemplo.



No sentido de prestar os melhores cuidados de saúde, de forma atempada e de acordo com as expetativas dos utentes, o Serviço de Urgência do Hospital deve ser utilizado para casos urgentes, tendo em conta a sua diferenciação técnica.



A forma mais adequada dos cidadãos se aperceberem da necessidade de se deslocarem aos serviços de urgência hospitalares é através da utilização do serviço SAÚDE24, linha telefónica que “responde às necessidades manifestadas pelos cidadãos em matéria de saúde, contribuindo para ampliar e melhorar a acessibilidade aos serviços e racionalizar a utilização dos recursos existentes, através do encaminhamento dos utentes para as instituições integradas no Serviço Nacional de Saúde mais adequadas”.
Neste sentido, pedimos a sua colaboração na divulgação e aconselhamento da utilização deste serviço, por parte do órgão que dirige.

Assim, solicitamos que, na medida do possível, nos ajude a prestar este verdadeiro serviço público informativo às populações. Tomamos a liberdade de lhe enviar em anexo um cartaz e uma mensagem de incentivo a utilização do Saúde24, assim como os horários do ACES do Alto Ave. Pedimos que diligencie para que os documentos sejam divulgados e/ou afixados em locais de maior afluência de pessoas na instituição que dirige. A pedagogia de boa utilização dos serviços de saúde cabe um pouco a todos nós.



Pretendemos, desta forma, que a população da nossa área de influência tenha o melhor encaminhamento, em conformidade com as suas necessidades de saúde.



Ligação informativa: www.saude24.pt