"20 agosto - Bragança-FC Vizela início Campeonato de Portugal, 17h00. Força Vizela

Colóquio sobre a Vida e a Morte

Vai-se realizar em Vizela, no dia 14 de Janeiro às 15:00, um colóquio dedicado à morte designado “Ponto Final. Parágrafo”. Decorrerá no auditório da Real Associação dos Bombeiros Voluntários de Vizela e é de entrada livre.




No livro “As Intermitências da Morte”, José Saramago escreveu que “morrer é, afinal de contas, o que há de mais normal e corrente na vida” e, embora havendo muitas outras considerações sobre o fenómeno, é um pouco com base nesta constatação que se vai realizar em Vizela, no dia 14 de Janeiro de 2017 às 15:00, um colóquio dedicado à morte designado “Ponto Final. Parágrafo”. Decorrerá no auditório da Real Associação dos Bombeiros Voluntários de Vizela e é de entrada livre.

O evento contará com a presença de vários oradores, que em função das suas ocupações profissionais, experiências pessoais e formação académica, abordarão a morte em diferentes e interessantes perspetivas.

Maria do Regate Salta, médica, numa abordagem pessoal; João Carlos Macedo, enfermeiro, professor e autor do livro “Educar para a morte”, sobre ética e eutanásia; João Batista, doutorado em psicologia clínica, sobre o projeto Consulta de Luto do qual é corresponsável, Vitor Monteiro, agente funerário, com uma apresentação dedicada à sua experiência profissional, e Jorge Coelho, mestre, professor e investigador na área do turismo para explicitação do fenómeno Turismo Negro, são os convidados confirmados.

A presença da morte nas artes será evidenciada com um momento dedicado à poesia levado a efeito por parte de dois ilustres vizelenses, também eles com interesses culturais, Domingos Ferreira e o já mencionado Vitor Monteiro.

O colóquio tem como objetivo principal ajudar à desmistificação de um assunto que, mesmo estando sempre presente, é ainda muito evitado pela grande maioria das pessoas.

De forma descomprometida e informal, embora dedicado à morte, o colóquio servirá também para celebrar da vida, sendo moderado por Ricardo Vieira, técnico da Câmara Municipal de Vizela.

Na génese e conceptualização do evento estão elementos da sociedade civil, sendo coorganizado pela Câmara Municipal de Vizela com o apoio da Real Associação dos Bombeiros Voluntários de Vizela e da Escola Superior de Tecnologias do Instituto de Estudos Superiores de Fafe.