VISITE VIZELA

Taça da Liga vem hoje para o Distrito

É a primeira vez que Braga e Moreirense se vão defrontar na Taça da Liga, mas será a 16.ª vez que se encontram em campo, com os bracarenses em vantagem nas estatísticas. A final desta noite será arbitrada por Artur Soares Dias. Manuel Machado mostra-se muito satisfeito por esta prova ter na final dois clubes inscritos na associação a que preside.



Braga e o Moreirense defrontam-se esta noite, às 20h45, no Estádio Algarve, numa final da Taça da Liga inédita e que será transmitida pela RTP1 e pela SportTV. Esta será a primeira final da Taça da Liga em que nenhum dos finalistas é um dos chamados três grandes (FC Porto, Benfica e Sporting).

O Sporting de Braga, vencedor da prova em 2012/13, qualificou-se para a final na terça-feira, depois de vencer o Vitória de Setúbal, por 3-0. Já o Moreirense, que nunca tinha estado numa final de uma competição nacional, afastou na quarta-feira o detentor do troféu, o Benfica, vencendo por 3-1.

Esta é a 16.ª vez que estas duas equipas se encontram, tendo o Braga vencido oito desses embates, face a uma vitória da equipa de Moreira de Cónegos, segundo as estatísticas do portal ZeroZero.

Enquanto o Braga venceu os três últimos jogos realizados na Taça da Liga, o Moreirense foi imbatível nas cinco partidas disputadas nesta edição da Taça da Liga, com quatro vitórias e um empate.

Esta é a segunda vez que o Braga, equipa agora liderada por Jorge Simão, disputa uma final da Taça da Liga, tendo conquistado o troféu pela primeira vez em 2013. Para o Moreirense trata-se de uma estreia não apenas na Taça da Liga, mas numa final em toda a linha. Se conseguir bater o Braga, a equipa liderada por Augusto Inácio conseguirá ser o quarto vencedor diferente da competição. E depois de vencer FC Porto e Benfica nesta competição, a moral dos cónegos está em alta.

De referir igualmente o regresso de Augusto Inácio a uma final em Portugal. Lembra o ZeroZero que o técnico perdeu a final da Taça de Portugal diante do FC Porto quando estava ao comando do Sporting, em 2000.

Este encontro será arbitrado por Artur Soares Dias, auxiliado por Rui Licínio e Nuno Pereira, com Hélder Malheiro e Luís Ferreira a serem os árbitros adicionais, sendo que João Silva será o quarto árbitro.

Pedro Proença, atual presidente da Liga de clubes, acredita que o próximo passo na promoção da Taça da Liga é o de garantir ao vencedor o apuramento direto para as competições europeias, algo que não reúne consenso.

O treinador dos minhotos, Jorge Simão, considera que "o último passo para a credibilização da prova é o vencedor ter acesso às competições europeias, isso faria com que todos os clubes olhassem para a prova de outra forma".

Já o presidente do Sporting de Braga, António Salvador, tem outra opinião: "O campeonato é uma maratona de 34 jornadas e não é admissível uma equipa chegar a janeiro, vencer a Taça da Liga e já estar apurado para a Liga Europa. Não estamos de acordo com isso. Seria desvirtuar aqueles que são os melhores entre a maratona das 34 jornadas", reforçou em declarações à imprensa este sábado. SAPO