VISITE VIZELA

Aves e Sporting B despedem treinadores

O Desportivo das Aves (2º classificado) esteve 19 jogos sem perder. Em Vizela começou uma série de quatro jogos sem vencer que ditou o despedimento de Ivo Vieira. Ao vencer o Sporting B há duas semanas, o Vizela contribuiu também para o despedimento de João de Deus.


Ontem, os avançados do Aves Balogun e Theo Mendy falharam, nos últimos instantes da partida, duas ocasiões de golo com a baliza escancarada. Um golo mais daria a vitória aos avenses e, concerteza, a continuidade de Ivo Vieira à frente da equipa. O treinador surgiu na sala de imprensa confiante que as coisas só poderiam melhor naquele clube, «as vitórias vão aparecer. Talvez desconhecesse que estava prestes a ser despedido. Em quatro jogos o Aves perdeu 11 pontos e viu aproximar o Varzim com quem também perdeu em casa.

Assim, no mesmo dia, dois treinadores de saída de equipas da Liga Pro. João de Deus deixa os leões no antepenúltimo lugar da Liga Pro e Ivo Vieira sai ao cabo de quatro jogos sem vitórias no Aves, incluindo o empate desta quarta-feira, com o Gil Vicente.

A derrota caseira foi o Varzim (1-2), nesta quarta-feira, foi a 14.ª sofrida pelo Sporting B e precipitou a decisão da SAD leonina, que vê a equipa "B" no penúltimo lugar e em risco de descida de divisão.

O cenário é bem diferente nas Aves. O Desportivo é segundo classificado e está em zona de subida à primeira Liga, mas quatro jogos seguidos sem vitórias, incluindo o empate desta quarta-feira, com o Gil Vicente (1-1), apressaram a saída de Ivo Vieira, técnico de 41 anos, que estava no clube desde o início da temporada.