"20 agosto - Bragança-FC Vizela início Campeonato de Portugal, 17h00. Força Vizela

Câmara apresenta candidatura para as Termas de Vizela

Câmara Municipal de Vizela apresenta candidatura no âmbito do POCTEP 2014-2020 – HYDROTHERMAS, FUENTES DE BIODIVERSIDAD: PROOTECCCIÓN Y GESTIÓN INTEGRADA DE LOS ECOSISTEMAS DE LAS VILLAS TERMALES




A Câmara Municipal de Vizela apresentou uma candidatura ao INTERREG - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (Espanha e Portugal) para a obtenção de financiamento, para a concretização do projeto designado por HYDROTHERMAS, FUENTES DE BIODIVERSIDAD: PROOTECCCIÓN Y GESTIÓN INTEGRADA DE LOS ECOSISTEMAS DE LAS VILLAS TERMALES.

De referir que os objetivos deste projeto visam: impulsionar e fomentar a proteção do património cultural e natural relacionado com as águas termais, de forma a favorecer o desenvolvimento das zonas com maior riqueza neste tipo de recursos tanto em Espanha como em Portugal, concretamente a província de Pontevedra e todo o Noroeste de Portugal; incrementar o maior número de turistas através da ocupação das unidades hoteleiras dessas cidades termais, desenvolvendo novos produtos e serviços, bem como ações de promoção conjuntas, direcionadas para novos segmentos de público; favorecer novos modelos de gestão que se foquem tanto na sustentabilidade das águas termais como nos recursos naturais e do património cultural das cidades termais aderentes, e por último melhorar o estado de conservação dos habitats das mesmas.

Os principais anseios da Câmara Municipal de Vizela com a aprovação desta candidatura, são a proteção e controlo dos aquíferos termais perante os riscos de contaminação, apostar no valor paisagístico e do património arquitetónico, cultural e natural da nossa cidade e melhorar a competitividade e ampliar a oferta termal e, hoteleira de Vizela. Para isso, apostará também na criação de instrumentos informativos e promocionais em conjunto com todas as cidades termais do território abrangido por este projeto.

Em suma, da aprovação desta candidatura resultará em simultâneo, a criação de um Observatório – Centro de Interpretação da Biodiversidade e Termalismo de Vizela, sito no Parque das Termas de Vizela. Com este observatório, pretende-se acionar a valorização e a proteção do Parque das Termas e da sua riqueza natural. No espaço será possível obter a informação através de meios audiovisuais e informáticos da biodiversidade existente no concelho, bem como, servir de apoio à visitação dos espaços naturais do mesmo e do Complexo Termal.

Este projeto no Parque das Termas, complementará assim outros projetos já implementados no local pela Autarquia (tais como o HighTech4Nature promovido em parceria com a BAICIÊNCIA – visa a utilização do QR-CODE para facilitar na interpretação da biodiversidade existente naquele espaço natural), sendo que nesta vertente, será direcionada para os recursos termais existentes.