Feira Romana de Vizela, 9 a 11 de junho. Participe.

Abertas as candidaturas ao programa OTL

O Programa OTL tem por objetivo proporcionar aos jovens uma forma inovadora de ocupar os seus tempos livres, contribuindo para a sua educação não formal,
pela aquisição de novos saberes, normas e valores inerentes a uma cidadania responsável, bem como o acumular de experiências sociais e profissionais decisivas para a formação de cidadãos habilitados e responsáveis. Existe em duas modalidades: Curta duração e Longa duração.


Projetos de Curta Duração:
Nestes projetos desenvolvem-se atividades lúdico/formativas, com uma duração entre 5 e 10 dias, em períodos de férias escolares.
Apresentação dos projetos: até 28 de abril de 2017

Esta modalidade congrega duas vertentes:
• Intervenção sociocultural e técnico-científica; • Formativa

Áreas de intervenção:
a) Ambiente e/ou proteção civil;
b) Apoio a idosos e/ou apoio à infância;
c) Cultura e/ou património;
d) Combate à exclusão social;
e) Saúde;
f) Associativismo;
g) Desporto;
h) Direitos Humanos;
i) Direitos dos animais;
j) Cidadania;
l) Outras de reconhecido interesse.
São consideradas as seguintes áreas de intervenção prioritárias:

· Direitos Humanos

· Cultura

· Desporto

· Direitos dos Animais

· Ambiente

Quem pode candidatar-se como Promotor:
Jovens monitores - entre 18 e 30 anos, formação na área do projeto que apresenta, e uma parceria para a execução do projeto com uma das entidades abaixo referidas;
Entidades - Associações Juvenis inscritas no RNAJ - Registo Nacional do Associativismo Jovem, Clubes Desportivos, Associações de Modalidades e Federações Desportivas, ONG - Organizações Não-Governamentais, IPSS - Instituições Particulares de Solidariedade Social, Misericórdias e Mutualidades, Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia ou outras entidades privadas sem fins lucrativos.



Projetos de Longa Duração:

Nesta modalidade, os jovens podem, em parceria com uma entidade, apresentar, desenvolver e executar projetos próprios, ganhando experiência de trabalho, capacidades profissionais, competências profissionais, pessoais e relacionais, além de fomentarem o espírito empreendedor e desenvolverem um projeto experimental em área profissionais do seu interesse. Estes projetos têm uma duração entre 264 e 396 horas.


Apresentação dos projetos: até 30 de setembro de 2017, devendo os projetos ser apresentados 30 dias úteis antes do seu início.

Aprovação dos projetos: até 15 dias úteis do início dos projetos.

Realização dos Projetos: até 30 de novembro de 2017

Áreas de intervenção
a) Empreendedorismo;
b) Investigação;
c) Associativismo;
d) Sociocultural;
e) Criativa;
f) Desenvolvimento agrícola;
g) Outra de reconhecido interesse.

Quem pode candidatar-se como Promotor:
Jovem Dinamizador - entre 18 e 30 anos, que não esteja a receber qualquer prestação de proteção no desemprego, que queira criar um projeto e desenvolvê-lo em parceria com uma das entidades.
Entidades:
Associações inscritas no RNAJ - Registo Nacional do Associativismo Jovem; Clubes Desportivos, Associações de Modalidade e Federações Desportivas, ONG -Organizações Não-governamentais; IPSS - Instituições Particulares de Solidariedade Social, Misericórdias e Mutualidades; Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, Outras entidades privadas com ou sem fins lucrativos.
Onde se candidatar:
As candidaturas podem ser feitas em formulário próprio através do Portal da Juventude ou nas Direções Regionais do IPDJ, I.P. da área de residência.

Para mais informação e legislação, p.f. consultar o Portal da Juventude: www.juventude.gov.pt