Feira Romana de Vizela, 9 a 11 de junho. Participe.

Wladimir Brito candidato do BE à Câmara de Guimrães

Sónia Ribeiro é a cabeça de lista à Assembleia Municipal e Carlos Mesquita é o mandatário da candidatura.

Em conferência de imprensa realizada esta segunda-feira, o candidato à Câmara Municipal de Guimarães, Wladimir Brito, afirmou que este "é momento de abrir um debate público e político, quer fora da Câmara ou dentro dela, promovendo uma participação cidadã na construção dos destinos do município”.

O professor catedrático da Escola de Direito da Universidade do Minho vai liderar o projeto autárquico Bloco de Esquerda no concelho de Guimarães porque se revê no “programa do Bloco de Esquerda para as autárquicas, quer a nível nacional quer a nível local”.


Para o constitucionalista, a “cidadania tem que ser ativa e participativa” e por isso afirma que “é a partir do debate construtivo que podemos fazer coisas boas para o concelho de Guimarães”.
Sónia Ribeiro, que será a cabeça de lista à Assembleia Municipal, reconhece que “fazer parte deste projeto é muito gratificante” e afirma que se sente “honrada” pelo desafio que lhe foi proposto.
“Acredito no plano do BE para estas autárquicas, confio em todos os membros da equipa e estou muito honrada em fazer parte de uma equipa onde está o nosso candidato à Câmara, o Wladimir Brito”, afirmou a técnica de óptica.

A dirigente concelhia e distrital do BE é presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços do Minho (CESMINHO) e presidente de uma associação de pais.
Carlos Mesquita é o Mandatário e assume que este projeto tem como objetivo a eleição de Wladimir Brito para a vereação vimaranense. O presidente do Cine-Clube de Guimarães afirma que esta candidatura "é uma candidatura cidadã que pensa inteligentemente o concelho”, com uma visão do “município como um todo”.
O Coordenador Nacional Autárquico do Bloco de Esquerda, Pedro Soares, afirmou que “esta será mais do que uma candidatura do Bloco de Esquerda, porque vai “procurar ampliar e ter uma latitude política, social e de cidadania que estará para além do Bloco”.

No lançamento da candidatura no concelho de Guimarães foi possível ainda salientar as linhas programáticas gerais do BE, como ambiente, mobilidade, habitação, ação social, trabalho, cultura e desenvolvimento local.
O programa eleitoral do Bloco de Esquerda será elaborado de forma participativa, reunindo propostas dos militantes e da população.