FESTAS VIZELA-Agosto: Dia 11-CAMANÉ; 12-JORGE PALMA; 13-GABRIEL PENSADOR; 14-CORTEJO. Visite Vizela

Daniel Gaio espalhava alegria. Que era a sua maior riqueza.

A morte de Daniel Gaio parece não ter deixado ninguém indiferente numa comunidade pequena como Vizela. Comissão de Festas de Vizela agradeceu publicamente.


O seu sonho, costumava dizer, era ganhar o Totoloto, não para comprar altos carros, ter luxos desmedidos, mansões, férias em locais paradisíacos, etc., mas tão só para ser Presidente do FC Vizela. O clube da sua terra (como outras coisas nascidas no chão vizelense), era tudo ou quase tudo para ele.

A alegria contagiante que espalhava pela rua, ora assobiando ora dando um bom dia em tom forte, cumprimentando tudo e todos, rindo e fazendo rir, fizeram do Daniel uma parte da alegria que Vizela perdeu desde que foi acometido por uma terrível doença que em breve espaço de tempo pode atingir qualquer um de nós.

Daniel seguiu as pisadas do seu pai o conhecido por Orlando Gaio, barbeiro com a Barbearia Azul na Praça da República (a dez metros da lojinha do FC Vizela onde o Daniel trabalhou durante vários anos).
Durante anos, Orlando Gaio (e Camilo) foram as únicas "peças" de animação do Carnaval em Vizela. E porque no Entrudo não era feriado, Orlando fechava a barbearia, trajava à mulher sevilhana e saía para a rua a fazer rir quem passava como recordam algumas fotos da época.

Com a partida de Daniel, parte uma partícula da imensa história do seu clube que ele amou até ao fim da vida bem como de Vizela em geral.

Nunca tendo sido rico financeiramente, Daniel tinha em si a maior de todas as riquezas: um coração de ouro.
Por isso o seu passamento não deixa ninguém indiferente ainda que a sua doença tivesse a todos vindo a preparar para este triste desfecho.


Daniel foi reconhecido em vida pelo seu Clube com uma homenagem no estádio onde a bancada lhe rendeu calorosa ovação. O que mais ele sonhava, embora, naturalmente, em circunstâncias que revelassem o sucesso do FCV e não a sua enfermidade.

Em tempo imediato, o presidente do FCV fez questão de ir visita-lo a sua casa para lhe anunciar que o apoio do Vizela não lhe faltaria nesta fase tão crítica da sua vida e a Comissão de Festas de Vizela dedicou-lhe ontem um agradecimento público e póstumo (que pode ler em baixo) pela sua participação com as maiores festas do Concelho.

A ação terrena desenvolvida por Daniel Ferreira não fica circunscrita apenas a Vizela.
Há imensos campos de futebol neste País que se alguma vez tiveram espetadores acima da média o devem às excursões promovidas pelo Daniel Gaio. Portanto também nesses recantos, desde Trás os Montes ao Algarve há uma marca deixada por este bom filho de Vizela que ontem nos deixou.

Daniel parte com o sucesso de ter vencido com um sorriso as adversidades da vida que tocam a todos.
Durante muitos anos a sua alegre imagem estará gravada nas ruas e passeios de Vizela e a sua voz continuará a entoar no estádio como anunciando que o Vizela continua a ser a sua grande paixão e ele não foi embora porque jamais ele deixaria o FCV ficar sozinho.

- Para a sua dedicada esposa Maria do Céu uma enorme palavra de apreço e conforto neste momento de dor pois soube ser sempre ao lado de um grande Homem uma grande Mulher.
ddV

COMUNICADO DA COMISSÃO DE FESTAS DE VIZELA
A Comissão de Festas vem por este meio manifestar o seu pesar pelo falecimento do Vizelense Daniel "Gaio". O senhor Daniel participou sempre com grande entusiasmo e empenho no nosso cortejo e restantes iniciativas, contagiando todos à sua volta.
Queremos deixar uma palavra de agradecimento por nos ter ajudado a manter vivas as tradições e ter inspirado outros vizelenses a fazerem o mesmo. Porque há gente que fica na história da nossa gente, Obrigado senhor Daniel!


MENSAGEM DO FC VIZELA
FC Vizela | Faleceu antigo cobrador Daniel “Gaio”
Daniel Ferreira, popularmente conhecido como Daniel “Gaio”, faleceu esta terça-feira, dia 04 de Julho, vítima de doença.
Uma notícia triste no universo do nosso clube, numa altura em que a Direção presidida por Eduardo Guimarães preparava-se para lhe entregar o emblema de ouro, em virtude dos seus 50 anos de filiação como associado.
Recorde-se que Daniel Ferreira, um dos elementos mais carismáticos da primeira claque de apoio “Força Azul”, levava cerca de três décadas de serviço no FC Vizela, sobretudo como cobrador de quotas, mas também como organizador de muitas excursões que levaram os nossos adeptos aos quatro cantos do país.
Em Maio deste ano, Daniel Ferreira foi homenageado antes do início da partida com o Freamunde, tendo recebido das mãos do presidente uma salva de prata, ladeado dos amigos Augusto Magalhães, Aníbal Pedrosa e do antigo capitão Cláudio.