VISITE VIZELA

Foguete deixa emigrante sem três dedos em Guimarães

"Um homem ficou sem três dedos na sequência de uma explosão com um engenho pirotécnico, esta segunda-feira à noite, em Guimarães. A vítima tem idade na casa dos 40 anos, é emigrante e estava no aniversário de um familiar.

Segundo a Proteção Civil, o alerta foi dado às 21.07 horas para a Rua de Boucinhas na freguesia de Airão Santa Maria, concelho de Guimarães mas na fronteira com Vila Nova de Famalicão.
Quando chegaram ao local, as equipas de socorro assistiram a vítima que já apresentava ferimentos consideráveis numa mão. De acordo com relatos de vizinhos e pelo que o JN apurou, a vítima estava em casa de familiares a festejar o aniversário de um deles quando decidiu manusear o engenho explosivo.
"A bomba rebentou-lhe na mão e ficou sem três dedos", disse uma vizinha que testemunhou o socorro da vítima. Na vizinhança, as pessoas não ouviram a explosão e só se aperceberam do que se tinha passado quando viram as ambulâncias a chegarem.
O homem é português, está emigrado em França e estava de férias em Portugal. Quando tudo aconteceu, estava com a família a festejar o aniversário de uma sobrinha. Após ser assistido no local por elementos da VMER de Famalicão, foi transportado para o Hospital de Guimarães.
A GNR de Guimarães tomou conta da ocorrência. Ao todo, entre equipa médica e GNR, estiveram no local seis elementos em três veículos. O JN falou com familiares da vítima que recusaram prestar declarações.

Notícia JN (Alexandra Lopes e Delfim Machado)