VISITE VIZELA

Festa do novo Presidente fez-se no Casino e nas ruas

Victor Hugo Salgado teve uma noite memorável. Aos primeiros sinais da sua vitória já se ouviam nas ruas da cidade rufar os tambores e a festa prolongou-se noite dentro e teve ainda direito a desfile pela cidade.


Em frente ao Café Casino (sede de campanha) onde se juntaram mais de mil pessoas que encheram a rua Dr. Abílio Torres, os discursos da vitória fizeram-se da varanda.
Victor Hugo teve dificuldade a chegar à sede. Depois de estacionar o carro na rua Latino Coelho demorou quase uma hora a chegar à varanda do mítico prédio porquanto todos queriam um abraço, um aperto de mão e muitos beijos.

Mário José Oliveira (vencedor em S. João-S. Miguel), Manuel Pedrosa (Santa Eulália), António Ferreira (S. Paio-Tagilde) e Fernando Carvalho (Assembleia Municipal) foram outros dos vencedores aplaudidos e que ouviram gritar os seus nomes na multidão. Manuel Vieira e Augusto Costa candidatos vencidos em Infias e Santo Adrião respetivamente também usaram da palavra, tendo Augusto Costa salientado: «Eu não perdi nada. Vizela ganhou ao eleger Victor Hugo».
Joaquim Meireles, reconhecido como um dos motores desta campanha, foi também muito ovacionado.

Da varanda discursaram todos os candidatos às juntas, o primeiro presidente da Câmara de Vizela, Francisco Ferreira, Armindo Faria, Agostinha Freitas, João Cocharra, Joaquim Meireles e Victor Hugo Salgado com o povo a gritar «Victor Hugo Amigo Vizela Está Contigo», mas Victor Hugo emendava para «Vizela é Assim e luta até ao fim.
Victor Hugo apelou à união de todos os vizelenses pelo concelho de Vizela.
Depois das intervenções saiu um desfile pela rua Dr. Abílio Torres em direção à rua da Rainha e Praça da República (onde uma senhora chamou o vencedor a debaixo da sua janela para lhe lançar flores) tendo sido todo o povo presente a convidado a beber no Casino o champanhe da vitória. E ali se cantou e dançou noite dentro.