VISITE VIZELA

Um milhão vacinados contra a gripe

Os novos da segunda vaga do Vacinómetro®, que monitoriza a vacinação contra a gripe em grupos prioritários da época gripal 2017/2018, revelam que desde o dia 1 de outubro já se vacinaram contra a gripe sazonal:


● 50,1 % dos indivíduos com 65 ou mais anos;

● 45,6 % dos indivíduos portadores de doença crónica;

● 33,8 % dos profissionais de saúde com contacto direto com doentes;

● 27,9 % dos portugueses com idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos;


Estes valores, quando comparados com o mesmo período da época anterior, mostram uma taxa de vacinação superior para todos os grupos, com exceção dos profissionais de saúde, cujos valores se mantêm semelhantes.



Destacamos ainda que dentro da população não vacinada, 34,4% tenciona vacinar-se contra a gripe, durante esta época.



Do total do grupo de indivíduos vacinados, os motivos que levaram à vacinação foram:

● 57,0% por recomendação do médico;

● 21,3% por iniciativa própria, para estar protegido;

● 13,6% no contexto de uma iniciativa laboral;

● 5,5% porque sabem que fazem parte de um grupo de risco para a gripe;

● 0,5% por recomendação do farmacêutico.





Recordamos que, de acordo com as orientações oficiais nacionais, a vacina pode ser administrada durante todo o outono/inverno, de preferência até ao fim do ano civil.



A vacinação contra a gripe é fortemente recomendada para os grupos alvo prioritários:

● Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos;

● Doentes crónicos e imunodeprimidos com 6 ou mais meses de idade;

● Grávidas;

● Profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados (ex.: lares de idosos);



A vacina também é aconselhada a pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos.



Pelo 9.º ano consecutivo a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio da Sanofi Pasteur, apresentam os resultados da 9.ª edição do Vacinómetro®.

Lançado em 2009, o Vacinómetro® permite monitorizar em tempo real, a taxa de cobertura da vacinação contra a gripe em grupos prioritários recomendados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).




Sobre o Vacinómetro:

Inquérito a cargo da empresa Spirituc, Investigação Aplicada

Objetivo - Monitorizar a cobertura vacinal contra o vírus da gripe na época gripal de 2016/2017, junto de quatro grupos de indivíduos pertencentes ao grupo recomendado e a grupos de vacinação prioritária, indicados pela DGS: (grupo 1) indivíduos com idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos; (grupo 2) indivíduos com 65 ou mais anos; (grupo 3) indivíduos portadores de doenças crónicas; (grupo 4) profissionais de saúde em contacto com doentes (ou seja, indivíduos trabalhadores em instituições de saúde).

Metodologia - Questionários de aplicação telefónica, através do sistema CATI.

Universo - População portuguesa residente em território continental e Ilhas, com idade compreendida entre os 60 e os 64 anos, ou com idade igual ou superior a 65 anos, ou portadora de doenças crónicas, ou trabalhadora em instituições de saúde, de ambos os géneros e telefone fixo ou móvel.

Amostra: À amostra em causa está associada uma margem de erro de ±2,5% para um IC de 95% no total da amostra (n=1500); uma margem de erro de ± 5,4% para um IC de 95% dentro do Target 60-64 anos (n=333); uma margem de erro de ± 5,5% para um IC de 95% dentro do Targetprofissionais de saúde com contacto direto com doentes (n=313); uma margem de erro de ±4,3% para um IC de 95% dentro do Target Doentes Crónicos (n=517); uma margem de erro de ±3,6% para um IC de 95% dentro do Target 65 ou mais anos (n=759).