FELIZ NATAL

"IRÁ A AIREV ENCONTRAR UM LÍDER COMO ALFREDO RIBEIRO?”

A morte brutal de Alfredo Ribeiro, que amanhã vai a sepultar em S. Comba de Regilde depois de missa de corpo presente em S. Miguel das Caldas onde o seu corpo estará depositado em câmara ardente até à hora do funeral (14h30), deixa desde logo uma grande interrogação: “vai uma associação tão especial como a AIREV- Associação para a Integração e Reabilitação Social de Crianças e Jovens Deficientes de Vizela encontrar um substituto à altura?”.


 Embora seja costume dizer-se que neste mundo não há pessoas insubstituíveis, é (foi) um facto à vista de todos que Alfredo Ribeiro dispunha de carisma especial e raro e disponibilidade  que uma instituição como a AIREV deve ter.
Cada utente, cada criança, das mais limitadas que fossem fisicamente, viam em Alfredo Ribeiro uma espécie de protetor sempre presente, um homem que procurava de forma incansável dotar a instituição e a difícil de vida de cada criança portadora de deficiência física, com algo suave, com alegria, conforto e valorização humana como demonstram as imensas atividades (culinária, artesanato, etc.) que a AIREV sempre privilegiou.
Alfredo Ribeiro tinha ainda o grande dom de ter em cada funcionário, professor, colaborador da AIREV um amigo a quem tratava com respeito absoluto.
Alfredo Ribeiro era um homem calmo, de falas suaves mas sempre atento. Tinha uma forma muito delicada de lidar com qualquer assunto e dificilmente não tinhas sucesso como é visivel nas obras efetuadas em S. Bento e na AIREV.
Tinha também enorme capacidade de mobilização de populares como atestam as grandes caminhadas da AIREV de onde se extraiu a foto que se segue.
Depois de liderado o processo criação da primeira sede de raiz, Alfredo Ribeiro já sonhava num futuro próximo inaugurar um espaço maior de acolhimento.
Precisamente na manhã de ontem, do seu dia de falecimento, o presidente da AIREV falou com a diretora de informação da Rádio Vizela, Fátima Anjos desse seu sonho, o anseio de poder acolher mais jovens com deficiência física em instalações mais amplas.

Algumas figuras públicas vizelenses ouvidas
pelo ddV consideram que será muito difícil encontrar alguém com a dimensão de Alfredo Ribeiro para presidir à AIREV embora não duvidem que o futuro da instituição estará sempre assegurado.

VIZELA EM ESTADO DE CHOQUE
Como seria de esperar, o tema das conversas hoje na cidade de Vizela e freguesias limítrofes foi a morte inesperada de Alfredo Ribeiro sendo ele um homem tão conhecido pelas suas nobres causas desenvolvidas nomeadamente nas presidências da AIREV e na Irmandade de S. Bento das Peras.
Apesar das redações dos jornais nacionais já estarem praticamente fechadas à hora em que o acidente ocorreu, alguns órgãos de informação nacionais fizeram eco do infausto acontecimento.
O JN, por intermédio do seu jornalista Delfim Machado difundiu de imediato na emissão online e está a preparar uma peça jornalística, com opinião de figuras públicas vizelenses como Victor Hugo Salgado (que ontem esteve no local do acidente a confortar a família), Padre Constantino e outros, cuja publicação deverá acontecer na edição de amanhã do JN. 
Nas redes sociais foram aos milhares as mensagens dirigidas à vida e obra de Alfredo Ribeiro com muitas centenas de cibernautas a dirigirem palavras de conforto à família de Alfredo Ribeiro e da AIREV, instituição que publicou na sua página o texto que pode ler a seguir.

Vimos o nosso líder partir

É com uma enorme dor que damos esta trágica notícia. Aquele que sempre nos guiou, aquele que diariamente nos motivava a sermos melhores, aquele que nos dava força e dizia com frequência que para a frente é que é o caminho, aquele que nos ensinou que por mais barreiras que se levantassem à nossa frente, a nossa missão era ultrapassa-las e não permitir que elas nos derrubassem. 

Desde que assumiu o leme da instituição, juntamente com a sua equipa a quem muito valor atribuía, lutou com todas as forças para que nunca nada faltasse ao cidadão com deficiência e suas famílias.
Neste momento de grande tristeza agarraremo-nos a uma frase de sua autoria: “Num mundo de adversidades, as vontades superam as dificuldades” para continuarmos com a sua grande obra.
À família, amigos e a todos aqueles que tiveram a oportunidade de se cruzar com o Sr. Alfredo de Sousa Ribeiro, os nossos mais sinceros sentimentos.


MENSAGEM DA ASSOCIAÇÃO FAMÍLIA PEIXOTO

A Associação Musical e Recreativa Família Peixoto vem neste momento de dor, associar se à Família do Sr. Alfredo Ribeiro que no dia de ontem, 23 de Novembro de 2017, faleceu após atropelamento.
É apenas uma despedida terrena, dado que será sempre lembrado por todos pela obra sonhada, projectada e conseguida quer na AIREV, quer no Santuário de São Bento das Pêras através da Confraria. Estas duas instituições eram superiormente lideradas por um HOMEM de trato muito simples, sempre acessível e disponível para o auxílio aos outros.
Neste momento a Associação Musical e Recreativa Família Peixoto agradece ao Sr. Alfredo Ribeiro todo o apoio que seja de uma forma particular ou institucional prestou a esta associação.
Endereçamos também as mais sentidas condolências a toda a família enlutada.

A Direcção da Associação Musical e Recreativa Família Peixoto