VISITE VIZELA

Guimarães recebe maior ceia solidária de Natal

Dia 16 de dezembro às 19h, no Centro Juvenil de São José – Rua D. Domingos da Silva Gonçalves.



Dia 16 de dezembro, Guimarães será uma das 61 localidades portuguesas que vão receber aquela que será a maior ceia solidária de Natal alguma vez organizada em território nacional. A iniciativa será organizada pela Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Guimarães e será totalmente fornecida pelo Intermarché de Guimarães. No total as 61 localidades irão servir mais de 7 mil beneficiários da Cruz Vermelha Portuguesa.


Rául Correia, dono do Intermarché de Guimarães explica: “Estamos presentes em 245 localidades com um modelo de gestão diferenciador, composto por empresários independentes, que como eu, vivem nas localidades onde as lojas estão implantadas e que por isso conhecem bem a história dos seus clientes. Este modelo permite-nos desenvolver uma relação de proximidade directa quer com quem nos visita, quer com as instituições da região, tornando possível uma ação como esta”. Acrescenta ainda “o projecto da ceia solidária de Natal nasceu de uma vontade de querer proporcionar um momento de convívio e amor a quem de outra forma poderia não usufruir de um momento como este,” conclui.


Francisco George, Presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, acrescenta: “Esta ceia solidária de Natal representa o culminar de um trabalho que as Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa têm edificado por todo o país. Esta ação não teria sido possível sem o apoio do Grupo Os Mosqueteiros, que através do Intermarché, a sua marca alimentar, nos forneceu mais de 7 mil refeições completas de Natal proporcionando assim todas as condições para pormos em prática um momento natalício que de outra forma poderia não existir.”



A ceia solidária de Natal acontece em simultâneo de norte a sul do país. Para além da maior ceia solidária de Natal organizada pela Cruz Vermelha Portuguesa, no dia 16 de dezembro o Intermarché vai fornecer mais 24 refeições solidárias, perfazendo um total de 85 refeições que irão chegar a mais de 10 mil pessoas carenciadas.