FESTAS CIDADE DE VIZELA...7 a 14 agosto.Visite. Participe.

Petit ficou desiludido e com razão

O treinador do Moreirense, Petit, saiu de Alvalade desiludido pela derrota, sobretudo pela forma como os cónegos perderam, já em tempo de compensação. Petit, contudo, elogia a exibição. Defacto, o MOreirense não foi inferior ao Sporting.


O Moreirense perdeu ontem em Alvalade diante de um Sporting irreconhecível (uma equipa só joga o que a outras deixa jogar) perante um Moreireirnse que mostrou autoridade do princípio ao fim do jogo.
Um remate que ressaltou no joelho do capitão André Micael aos 93 minutos valeu o único golo da partida que deu os três pontos ao Sporting e deixa os comandados de Petti na última posição da tabela classificativa com míseros 19 pontos. O resultado foi uma tremenda injustiça até porque o Moreirense marcou um golo que foi invalidado pelo VAR.
No final, Petit que regista a segunda derrota nos comandos disse: «Saio daqui com grande azia. Um minuto para acabar o jogo, já contávamos com o ponto, mas não aconteceu. Mas tenho de realçar o nosso jogo. Grande atitude, grande intensidade», afirmou Petit, em conferência de Imprensa. O treinador do Moreirense não se alongou sobre o golo invalidado pelo videoárbitro a Bilel, e salientou que, depois desse lance, Rui Patrício salvou o Sporting.

O Moreirense continua no último lugar da classificação, quando faltam dez jogos para o final da Liga. Petit confia na permanência:

«Não ha vitórias morais, contam os pontos. Mas com esta atitude vamos sair desta posição. O próximo jogo com o Paços de Ferreira será importante e poderemos sair do último lugar.»