FESTAS CIDADE DE VIZELA...7 a 14 agosto.Visite. Participe.

Vítor Campelos sobe à equipa A do Vitória provisoriamente

Vítor Campelos vai orientar o Vitória no próximo sábado, no jogo com o Marítimo, da 24.ª jornada da 1.ª Liga.


A notícia avançada pela Rádio Santiago diz que «A promoção do treinador da equipa B à formação principal é, por agora, uma solução transitória, uma vez que a SAD liderada por Júlio Mendes continua em negociações para contratar o substituto de Pedro Martins.

Vítor Campelos, de 42 anos, terá a primeira experiência na equipa principal do Vitória no final de uma semana atípica, que começou com o despedimento de Pedro Martins.

O treinador vimaranense já irá liderar o treino desta quarta-feira, marcado para esta tarde, nos relvados da Academia do Vitória.

Vítor Campelos cumpre a terceira temporada no Vitória, o clube do seu coração, sempre na equipa B. Nas duas primeiras épocas, cumpriu os objectivos traçados, com a permanência antecipada na 2.ª Liga e a potenciação de jovens jogadores para a equipa principal. Antigo jogador do Vitória, com o percurso completo nas camadas jovens, Vítor Campelos iniciou a carreira como preparador-físico, no Serzedelo, na época 2000/2001. Mais tarde, trabalhou nas equipas técnicas de José Gomes, em clubes como Paços de Ferreira, Moreirense, Leixões e Ettifaq FC, da Arábia Saudita. Na passagem pelo Médio Oriente, o vimaranense também trabalhou com Toni no Al Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos, Al Ittihad, da Arábia Saudita, e Tractor, do Irão. Começou a carreira como treinador principal na equipa B do Videoton, da Hungria, e depois de meia época no Trofense chegou a Guimarães no início da temporada 2015/2016.

Com a promoção de Vítor Campelos à equipa principal, de forma interina, Alex Costa fica com a responsabilidade de treinar a formação B. O treinador dos juniores estará no banco na partida com o Académico de Viseu, marcada para a tarde do próximo domingo.

O coordenador da formação, Luís Castro, vai passar a treinar os juniores nesta fase de transição. Recorde-se que Luís Castro regressou recentemente ao Vitória, depois de uma passagem pela Hungria, mas desempenhava um papel nos gabinetes».