JOSÉ CID com Banda Vizelense, domingo,em Vizela às 17h00. Entrada livre.

BE denuncia descargas de efluentes não tratados em Amares

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda questionou o Governo, através do Ministério do Ambiente, sobre as recentes descargas diretas de efluentes não tratados a partir da Estação de Tratamento Elevatória de Lago, freguesia do concelho de Amares.


No documento entregue na Assembleia da República, o Bloco de Esquerda afirma que “a estação de Tratamento Elevatória de Lago não está a assegurar de forma contínua e eficaz o devido tratamento dos efluentes domésticos, com graves consequências ambientais e para a qualidade da água do rio Cávado”. O Bloco de Esquerda refere ainda que “não se conhece qualquer esclarecimento da Águas do Norte sobre as descargas ocorridas, nem qualquer anúncio plano de investimento para aquela estação de tratamento”.

Neste sentido, o Bloco de Esquerda pretende que o Ministério do Ambiente esclareça se tem conhecimento da ocorrência de descargas diretas para o Rio Cávado da ETE de Lago e do seu deficiente funcionamento, e se está a ser realizada uma avaliação dos danos ambientais que esta situação está a causar ao Rio Cávado.

Relembra-se que o saneamento do município de Amares está concessionado à empresa Águas do Norte S. A., do Grupo AdP - Águas de Portugal, desde 2015, cujo contrato de concessão englobou a entrega de infraestruturas de saneamento de águas residuais do município e a responsabilidade pela recolha e tratamento das águas residuais.