BOAS FESTAS. FELIZ NATAL. BOM 2019

Combatentes do Ultramar receberam condecorações

Cerimónia evocou também o primeiro centenário da Grande Guerra (1918-2018)e da Batalha de La Lys.


COMBATENTES CONDECORADOS COM A MEDALHA COMEMORATIVA DAS FORÇAS ARMADAS.

Adelino Oliveira Lopes (Moçambique, 1966-68)
Abílio Dias (Guiné, 64-66)
José Coelho (Angola, 74-75)
David Abreu (Angola, 73-75)
José Cunha (Guiné, 66-68)
Abílio Costa (Angola, 65-67)
Vítor Costa (Moçambique, 72-74)
António Costa (Angola, 66-70)
José Pinto (Angola, 62-66)
Carlindo Ferreira (Angola, 73-75)
João da Silva Bento (Guiné, 66-68)
Oscar Firmino Martins (Moçambique, 71-73)
José Couto Ribeiro (Angola, (68-70).

As condecorações foram impostas pelo Tenente-General Cipriano Alves.
As alocuções sobre as efemérides evocadas e as referências aos ex-combatentes homenageados estiveram a cargo de Cipriano Alves, José Manuel Oliveira, presidente do Núcelo da Liga de Combatentes e do presidente da Câmara, Victor Hugo Salgado.
O padre José Machado apresentou a oração da praxe.
O ex-deputado do PPM, António Moniz ofereceu ao Núcleo de Vizela três quadros pintados por si fazendo-s chegar pela mão do engenheiro Adelino Campante.
O canto do Fado das Trincheiras coube a Anselmo Peixoto habitual clarim nestas cerimónias juntamente com o seu irmão Joaquim Peixoto.
Júlio César Ferreira foi o moderador da cerimónia que arrastou familiares e amigos dos ex-combatentes para além de representantes das forças vivas de Vizela e outros vizelenses que quiseram associar-se à cerimónia até ao jardim Manuel Faria onde está exposto o monumento aos ex-combatentes tombados na guerra das ex-colónias portuguesas.