FESTAS CIDADE DE VIZELA...7 a 14 agosto.Visite. Participe.

"PS Vizela quer demolir Quinta da Torre"

COMUNICADO DA CÂMARA DE VIZELA: «No decorrer da última reunião de Câmara, o PS Vizela votou contra a declaração de reconhecimento de interesse público municipal da Quinta Torre, recusando, desta forma, a regularização urbanística daquele empreendi-mento turístico, o que, a não se verificar, determina obrigatoriamente a demolição da Capela, do salão de eventos, e de outras instalações de apoio ao referido empreendimento.

Uma vez mais, e conforme tem vindo a suceder ao longo dos últimos meses, o PS Vizela tenta socorrer-se de uma política demagógica para retirar dividendos políticos, entrando reiteradamente em contradição, na medida em que a posição agora adotada é completamente diferente do que fez quando estava no poder.
Deste modo, durante os últimos anos, o PS Vizela aprovou as seguintes declarações de reconhecimento de interesse público municipal:


- Empresa Luzmonte 2 Têxteis, S.A.;
- Empresa Indústria de Cartonagem Sampaiense, Lda.;
- Empresa J. P. Sousa – Estamparia Têxtil, Lda.;
- Exploração agrícola Agro São Paio Unipessoal, Lda.;
- Exploração agrícola José Dias Fernandes.

Todas as propostas, tal como a proposta da Quinta da Torre, foram aprovadas com o objetivo de, nos termos da lei, permitir a regularização das respetivas construções ou ampliações e não para isentar de IMI os imóveis em apreço.
Tentar iludir os Vizelenses com demagogia, alegando que o objetivo desta declaração de reconhecimento de interesse público municipal da Quinta Torre é a isenção de IMI, para, assim, beneficiar o proprietário nada mais é do que uma pura mentira, colocando, deste modo, em causa o bom nome do proprietário do empreendimento e do Município de Vizela.»

Câmara Municipal de Vizela
24 de maio de 2018