S. BENTO PADROEIRO DE VIZELA...11 de JULHO. SEJA BEM VINDO

Café mais antigo de Santa Eulália faz meio século


Em 1968 Joaquim Ferreira Brito Peixoto abriu o Café do Adro em Santa Eulália e pouco tempo depois, a escassos metros, abriu a Adega do Cala o Bico com os melhores vinhos vindimados nos Vale do Vizela. Rui Patrício e sua mãe Emília Peixoto (viúva do saudoso vizelense Rogério Monteiro), que gerem estas duas casas, programaram uma comemoração dos 50 anos, das bodas de ouro, para o este domingo, dia 3 junho, à tarde.


Para as 16 horas de domingo está agendada uma missa na igreja de Santa Eulália em sufrágio  do fundador e dos seus seguidores já falecidos que geriram o Café do Adro e a Adega Cala o Bico.
Joaquim Peixoto fundou as duas casas.  O seu filho Francisco Peixoto e e genro Luís Martins e esposa Fernanda Peixoto seguraram depois  a gestão do Cala o Bico.

O saudoso Rogério Monteiro e sua esposa Emília Peixoto assumiram o Café do Adro e o Cala o Bico,  duas casas que continuam entregues à família. Emília Peixoto gere atualmente o Cala o Bico enquanto o seu filho Rui Patrício e esposa o Café do Adro.
Há meio século que estas duas casas servem de forma exemplar a agora Vila de Santa Eulália sendo este domingo dia de festa.