BOAS FESTAS. FELIZ NATAL. BOM 2019

Hospital de Guimarães qualificou mais treze trabalhadores

Ao longo do corrente mês, sete colaboradores do Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães completaram o 12º ano de escolaridade e seis o nível IV de qualificação profissional, através do Projeto: EU QUERO.
Até ao momento, o Hospital já melhorou as qualificações de um total de 43 trabalhadores através deste processo de validação e certificação dos seus conhecimentos escolares e profissionais. O objetivo é que todos os colaboradores do Hospital, que reúnam as condições para aderir a este processo, possam melhorar as suas qualificações.

A este propósito, o Presidente do Conselho de Administração do Hospital, Delfim Rodrigues, refere que «consideramos fundamental que os nossos profissionais desempenhem as suas funções de uma forma preparada, atualizada e motivada, assumindo este tipo de projetos um papel essencial para a aquisição de instrumentos e de saberes que permitam aumentar as condições de adaptabilidade às transformações atuais e futuras da Instituição. Dou os parabéns a todos os colaboradores que já melhoraram as suas qualificações e exorto, vivamente, os restantes a aderirem ao projeto».
O «Projeto: EU QUERO» iniciou-se em 2014, por iniciativa do Centro de Formação do Hospital, e dirige-se aos Assistentes Operacionais e Assistentes Técnicos com o 3º ciclo e ensino secundário incompletos, permitindo-lhes validar e certificar os seus conhecimentos escolares e profissionais, que adquiriram ao longo da vida e em diferentes contextos (pessoais, sociais e profissionais), completando níveis de ensino.

A formação e desenvolvimento dos colaboradores são fatores essenciais nas organizações de saúde. Qualificar os seus colaboradores, através de um processo formativo desta natureza, devidamente adequado às necessidades, permite o desenvolvimento das suas competências pessoais e técnicas, contribuindo dessa forma para um melhor desempenho profissional, que, por sua vez, trará várias vantagens. A formação é um investimento na qualificação, desenvolvimento e melhoria das competências, tornando-se um elemento potenciador de conhecimentos e de desempenhos, promovendo novas qualificações, facilitando o alcance de objetivos e, em última análise, a melhoria da prestação de cuidados de saúde.

Este processo está a ser concretizado com a ajuda de protocolos estabelecidos com a Associação Empresarial Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto, onde se encontra o atual Centro Qualifica de Fafe, e também com o Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda, onde se encontra integrado o Centro Qualifica de Guimarães.