S. BENTO PADROEIRO DE VIZELA...11 de JULHO. SEJA BEM VINDO

Hospital de Guimarães qualificou mais treze trabalhadores

Ao longo do corrente mês, sete colaboradores do Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães completaram o 12º ano de escolaridade e seis o nível IV de qualificação profissional, através do Projeto: EU QUERO.
Até ao momento, o Hospital já melhorou as qualificações de um total de 43 trabalhadores através deste processo de validação e certificação dos seus conhecimentos escolares e profissionais. O objetivo é que todos os colaboradores do Hospital, que reúnam as condições para aderir a este processo, possam melhorar as suas qualificações.

A este propósito, o Presidente do Conselho de Administração do Hospital, Delfim Rodrigues, refere que «consideramos fundamental que os nossos profissionais desempenhem as suas funções de uma forma preparada, atualizada e motivada, assumindo este tipo de projetos um papel essencial para a aquisição de instrumentos e de saberes que permitam aumentar as condições de adaptabilidade às transformações atuais e futuras da Instituição. Dou os parabéns a todos os colaboradores que já melhoraram as suas qualificações e exorto, vivamente, os restantes a aderirem ao projeto».
O «Projeto: EU QUERO» iniciou-se em 2014, por iniciativa do Centro de Formação do Hospital, e dirige-se aos Assistentes Operacionais e Assistentes Técnicos com o 3º ciclo e ensino secundário incompletos, permitindo-lhes validar e certificar os seus conhecimentos escolares e profissionais, que adquiriram ao longo da vida e em diferentes contextos (pessoais, sociais e profissionais), completando níveis de ensino.

A formação e desenvolvimento dos colaboradores são fatores essenciais nas organizações de saúde. Qualificar os seus colaboradores, através de um processo formativo desta natureza, devidamente adequado às necessidades, permite o desenvolvimento das suas competências pessoais e técnicas, contribuindo dessa forma para um melhor desempenho profissional, que, por sua vez, trará várias vantagens. A formação é um investimento na qualificação, desenvolvimento e melhoria das competências, tornando-se um elemento potenciador de conhecimentos e de desempenhos, promovendo novas qualificações, facilitando o alcance de objetivos e, em última análise, a melhoria da prestação de cuidados de saúde.

Este processo está a ser concretizado com a ajuda de protocolos estabelecidos com a Associação Empresarial Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto, onde se encontra o atual Centro Qualifica de Fafe, e também com o Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda, onde se encontra integrado o Centro Qualifica de Guimarães.