"SE VIZELA NÃO É UMA TERRA GRANDE É SEM DÚVIDA A TERRA DE UM GRANDE POVO" - Américo Tomaz

Bombeiro ferido no incêndio do Monte da Garrafinha

Incêndio só deverá estar totalmente extinto por volta das 23h30. Chamas encontram-se entre Vilar e Vilarinho.


Um bombeiro da corporação de Vila do Conde foi transportado ao hospital em Guimarães com ferimentos registados no combate ao incêndio rural que está a deflagrar no Monte da Garrafinha desde o início desta tarde. O estado do bombeiro ferido não inspirava grande cuidado.

Segundo informação do comandante dos Bombeiros de Vizela,  Paulo Félix, o fogo só deverá estar dominado daqui por hora e meia, por volta das 23h30.

BOMBEIROS DO DISTRITO DO PORTO
No terreno encontra-se a corporação de Vizela com 38 bombeiros e 10 viaturas. Várias corporações do Porto combatem também as chamas que restam extinguir com cerca de 120 homens. A presença de Bombeiros di distrito do Porto deve-se ao facto do incêndio ter começado em Vilarinho do Concelho de Santo Tirso distrito do Porto.
Três meios aéreos (um helicóptero e dois anfíbios) cooperaram no combate às chamas enquanto houve luz do dia. A Proteção Civil de Vizela também acompanhou as operações no terreno com a presença do presidente da Câmara e vice-presidente.
Este foi o maior incêndio registado no dia de hoje em Portugal.

Os bombeiros de Vizela encontram-se ainda a combater dois incêndios distritais, um em Fafe e outro em Vila Verde.