VISITE VIZELA, Santuário de S. Bento das Peras; Balneários Termais; Parque; Rio; Montanha; Património; História...

Vem aí muito frio

Uma mudança significativa do estado do tempo, devido a uma massa de ar polar, é esperada a partir da tarde de sexta-feira, com redução acentuada das temperaturas, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).


"A partir da tarde de dia 26, devido ao transporte de uma massa de ar polar, muito frio e relativamente seco, vindo da Islândia, prevê-se uma mudança significativa do estado do tempo", revelou esta segunda-feira um comunicado do IPMA. As previsões meteorológicas apontam a passagem da situação de temperaturas amenas para uma descida gradual da temperatura, com "intensificação do vento, especialmente, no litoral oeste e nas terras altas", soprando forte de norte até 50 quilómetros/hora (e rajadas até 70 km/h).

Segundo o IPMA, no sábado e no domingo, "as temperaturas máximas não deverão ultrapassar os 15 graus Celsius, com exceção da costa sul do Algarve e alguns locais do Alentejo, onde podem ser ligeiramente superiores (2 a 3 graus), e das regiões do interior Norte e Centro, onde os valores da temperatura máxima deverão variar entre 5 e 10 graus Celsius". "Relativamente aos valores da temperatura mínima, deverão ser inferiores a 10°C e da ordem de 0 a 5°C nas regiões do interior, onde se preveem as primeiras geadas da época", adiantou o IPMA.

As temperaturas baixas associadas ao vento mais intenso "deverão originar desconforto térmico" e, entre os cenários possíveis a partir das previsões meteorológicas, admite-se "a ocorrência de precipitação dispersa nas regiões Norte e Centro no dia 27 [sábado]" que, no caso de vir a ocorrer, "deverá originar alguma neve nas terras altas", alertou a nota do IPMA. Até esta quinta-feira, o continente mantém-se sob influência conjunta de um anticiclone intenso, a oeste das ilhas Britânicas, e de alterações nos níveis altos da troposfera - centradas a noroeste da Madeira -, associados ao transporte de massas de ar genericamente tropicais do interior da Península Ibérica.

Neste quadro atmosférico vão registar-se até quinta-feira temperaturas máximas com valores superiores à média da época do ano (genericamente entre 20 e 25°C), com possibilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoadas dispersos nas regiões Centro e Sul, que "poderão ser localmente intensos", avisou o IPMA.

Correio da Manhã