VIZELA CIDADE NATAL 2018. APAREÇA.

Alunos Escola Secundária de Vizela em erasmus

O Agrupamento de Escolas de Caldas de Vizela recebe, na semana de 26 a 30 de Novembro, um grupo de alunos e professores provenientes dos seis países, no âmbito do programa Erasmus +. Esta é já a quarta reunião de trabalhos do projeto intitulado Digital Integration in the Classroom Courses e em Portugal o tema a desenvolver é o “Empreendedorismo”.

As primeiras ocorreram na Roménia em Março deste ano, na Turquia em Maio e mais recentemente na Grécia entre os dias 8 e 13 de Outubro.
Cada nova visita é uma descoberta cultural para todos os participantes e a deslocação à Grécia não foi exceção. A exiguidade do local da LTT, Lavara, bem próximo da fronteira com a Turquia, levou a que pudéssemos aproveitar a escala em Atenas para guardar, com saudade nas nossas memórias a beleza da capital da Grécia: a Acrópole, a Ágora, a Biblioteca de Adriano, o Teatro de Herodes e tantos outros locais maravilhosos.

Em Soufli, terra da seda, tivemos oportunidade de visitar um Museu da Seda e perceber como este tecido tão fino chega até nós. Foi muito interessante acompanhar todo o processo desde a “cozedura” do Koukouli (o casulo, que tem cerca de 3km de um finíssima teia), da recolha do fio até à produção de artigos de seda de tão variadas texturas e toque.
Todos os momentos foram avidamente aproveitados com manhãs de trabalho e tardes de “mergulho” na cultura grega, a música inesquecível, Alexandroupolis, Museu do Traje, Delta Evros, observação de águias no seu habitat natural e tantos outros locais, permanecerão nas nossas memórias para sempre.

Obrigada ERASMUS+
Maria José Ramos


EXPERIÊNCIA ERASMUS+
Mariana Pereira, 12ºC, Escola Secundária de Caldas de Vizela.

Neste ano letivo de 2018/2019, tive pela primeira vez a oportunidade de fazer Erasmus+. Partimos do Porto no dia 6 para Atenas, e lá ficamos 1 dia até nós dirigirmos ao local onde iríamos ficar durante 5 dias. Fomos acolhidos numa pequena vila na Grécia, chamada Soufli, pois a escola parceira se situava em Lavara, uma pequeníssima povoação em que nem sequer existia alojamento.
Já tinha ideia que este programa deveria ser deveras enriquecedor mas penso que apenas os que tem a oportunidade de participar num programa Erasmus tem realmente a noção do quão importante esta experiência é.
Alargamos os nossos conhecimentos sobre diversas culturas e os nossos horizontes também se expandem. Vivemos novas experiências e conhecemos novas pessoas, graças ao programa.
A vila onde estivemos não era muito grande mas a sensação de comodidade enquanto estivemos lá foi uma surpresa, não esperava sentir-me tão confortável num local desconhecido para mim. Muito se deve ao facto das pessoas serem extremamente amigáveis, e claro de por ter o apoio da nossa querida e estimada professora Maria José Ramos.
O programa de atividades durante a semana foi mito interessante e concluído com sucesso, tanto em contexto de sessões de trabalho (com a apresentação dos trabalhos realizados), quanto fora, pois conseguimos conciliar a aprendizagem, com a experiência e o convívio.
Foi uma experiência inesquecível e estou extremamente grata por ter tido a oportunidade de participar!