VISITE VIZELA, Santuário de S. Bento das Peras; Balneários Termais; Parque; Rio; Montanha; Património; História...

KTF em grande


Associação KTF em Grande no Campeonato Nacional de kempo com 22 Campeões Nacionais



Realizou-se este fim-de-semana a Campeonato Nacional de kempo em Coimbra no pavilhão multidesportivo Dr. Mário Mexia, o qual contou com 1022 atletas em mais de 840 combates disputados por 72 equipas presentes a nível nacional, registando assim o Maior campeonato nacional de Kempo ate a data.

A associação desportos de combate KTF esteve presente com 38 atletas, dando especial destaque a formação e apostando em novos atletas, bem como 4 atletas do programa Kempo Adaptado, para alem do campeonato Nacional de Kempo, a noite de sábado foi marcada pela gala kempo pro onde participaram 5 atletas da KTF, onde contava um total de 7 combates, entre eles 4 cintos de campeões de Full kempo Pro!

No final da prova a equipa obteve o 2º lugar absoluto por equipas devido aos resultados alcançados, um fim-de-semana no mínimo agitado, dado o número de atletas e provas a que se propuseram, mas que acabaria em beleza dado os resultados alcançados e a evolução que os atletas apresentaram, mesmo os estreantes.

No Sport Kempo adaptado – sagraram Campeões Nacionais de kempo adaptado: Paulo Oliveira – 81 kg e José Machado – 65 kg

Em segundo lugar Pedro Pereira – 65 kg e João Salgado -81 kg

De louvar o esforço, dedicação e alegria destes atletas em poder participar, que começam agora a ter uma divisão de prova específica para eles, estando a partir de agora homologada no circuito nacional e internacional. Preparando assim da melhor forma a participação no campeonato do mundo de inter estilos de kempo que ira decorrer em Abril nas Caldas da Rainha.

A associação KTF esteve presente em 4 frentes (vertentes) Rumble kids / Rumble Kempo / Point kempo e Full Kempo (Ring).

Num total obteve uns impressionantes 22 Campeões Nacionais de Kempo, distribuídos pelas 4 vertentes, 21 Vice campeões e 19 terceiros lugares em 38 atletas a participar, feito notável, tendo em conta que uma parte deles começam agora a dar os primeiros passos na modalidade, mesmo assim com excelentes resultados, antevendo um futuro promissor.

Em Rumble Kids ( modalidade praticada dos 7 aos 14 ) sagraram Campeões Nacionais: Nuno Pinto – 43kg, Mara Peixoto – 58kg, Ângelo Fernandes – 38kg, Leonor Freitas – 38kg.

Como Vice: Maria Correia – 58kg , Tiago Oliveira-53kg, Rui Cunha – 43kg.

E ainda em terceiro lugar: Sofia Soares -38kg.

Em Point kempo sagraram Campeões Nacionais: Nuno Pinto – 43kg Júnior, Bruna Ribeiro – 62kg Júnior, Tiago Oliveira – 53kg Júnior e Rui Cunha – 43kg Júnior.

No segundo Lugar: José Mesquita +93, Ruben Torres -68kg Júnior, Inês Lima- 47kg Júnior, Gustavo Rodrigues-53kg Júnior, Ruben Ferreira- 43kg Júnior, Vitor Freitas -93kg, Rui Cunha -43kg Júnior

E em terceiro lugar: Miguel Pereira – 63kg, Sofia Soares – 38kg Júnior, Bruna Martins -93kg, Pedro Andrade – 73kg, Paulo Faria – 68 kg, Pedro Fernandes – 78kg, Patrícia Pereira – 52kg Júnior, Nádia Pacheco -62kg Júnior, Henrique Marques -68kg Júnior, Angelo Fernandes – 38kg Júnior, Joana Pimenta -62kg.

Na vertente mais Praticada o Rumble kempo e onde na associação se sente mais confortável sagraram Campeões nacionais: Nuno Pinto -43kg Júnior, José Mesquita +93kg, Inês Lima- 47kg Júnior, Ângelo Fernandes – 38kg Júnior, Tiago Oliveira – 53kg Júnior, Simão Pimenta – 68kg Júnior, Rui Cunha -43kg Júnior, Ruben Torres-68kg Júnior.

Como Vice Campeões Nacionais ficaram: Pedro Fernandes – 78kg, Duarte Martins-91kg, António Pinto – 73kg, José Marinho – 73kg Júnior, Ruben Ferreira -43kg Júnior, Ricardo Meira – 85kg, Rui Eusébio – 68kg.

E no ultimo lugar do pódio: Leonor Freitas- 38kg Júnior, Nuno Pereira -74kg, Vítor Freitas – 93kg, Joana Pimenta – 62kg, Bruna Ribeiro – 62kg Júnior, Maria Correia -58kg Júnior, Pedro Andrade -73kg, Bruno Martins -93kg, Sofia Soares -38kg Júnior, Vasco Cardoso – 65kg.

Já em Full kempo, disciplina de ring, fomos donos e senhores, tendo muitas vezes que defrontar atletas da mesma equipa nas finais, tendo mesmo em alguns casos a necessidade de subir de escalão de peso para ter adversário ou evitar outros da equipa, sagrando campeão Nacional: Vasco Cardoso -65kg, Vitor Freitas +91kg, Tiago Castro -76kg, Ivo Cardoso-85kg, Ruben Torres – 72kg Júnior, Pedro Fernandes – 80kg, Nádia Pacheco- 62kg Júnior.

Como Vice Campeão Nacional de Full Kempo ring: Paulo Faria -65kg, Duarte Martins – 93kg, Ivo Melo -80kg, José Marinho -72kg, Gilberto Freitas -76kg, Rui Eusébio -69kg.



No sábado a noite depois do termino do campeonato ficando as finais e provas de ring para o domingo, deu-se inicio a gala kempo pro, com 7 combates de ring, num ritmo mais profissional e com disputa de 5 cinturões de Campeões Nacionais profissionais, onde mais uma vez a Associação KTF esteve em grande destaque colocando 5 atletas dos quais 4 destes para disputa de cinturão.

O primeiro a entrar em Cena na gala kempo Pro foi Paulo Faria, atleta com provas dadas nas vertentes light e que se lança agora nas vertentes de ring na categoria -65, o mesmo estava a fazer um bom combate contra um atleta mais experiente mas vi-se incapacitado de continuar depois de uma lesão contraída ao joelho esquerdo, lesão essa que ocorrera ainda da parte da manha num combate light que fez, o guerreiro nortenho aguentou-se ate ao fim do segundo assalto, mas seu treinador Ivo Cardoso achara mais prudente não continuar.

De seguida Ruben Torres o Júnior que esta num crescente de forma e que fez aqui um super fight com um atleta também ele um jovem e com muito potencial, Ruben imprimiu um ritmo forte logo de inicio, deixando muitas vezes o seu adversário em dificuldades, acabando mesmo o combate salvo pelo gongo, grande exibição de Ruben Torres que preparar assim da melhor forma a presença que ira fazer no campeonato do mundo de Kempo que ira fazer na Hungria já no final deste mês.

Logo depois de outro combate exibição era a vez de Nádia Pacheco fazer um dos combates mais esperados da noite visto jogar com a atleta da casa e menina querida por aquelas bandas, bem como uma das promessas da modalidade, Nádia não se intimidou e as duas fizeram um combate Soberbo de cortar a respiração, com as atletas a entregarem-se de corpo e alma, dando tudo para delírio do publico presente, a atleta da KTF conseguira a partir do segundo e terceiro round imprimi o seu jogo numa demonstração de determinação e vontade, mostrando que estava ali para ganhar, deixando Leonor Santos muitas vezes em dificuldade, levando a mesma duas contagens de proteção no ultimo round, no fim a vitoria foi atribuída a atleta da casa numa decisão no mínimo duvidosa, mas que em nada moveu a determinação e postura da atleta e seu treinador Ivo Cardoso.

Depois chegara a vez de Tiago Castro mostra o que valia contra um bom atleta, mas o qual não aguentou o ritmo avassalador que Tiago imprimiu logo de início com trocas rápidas e poderosas, a diferente de vontade e atitude, acabou por fazer a diferença e forçar a desistir a desistência do seu adversário no segundo assalto, conseguindo assim o cinturão de campeão Nacional.

Por último tivemos Vasco Cardoso que também ele protagonizara um grande combate com um atleta experiente, combate muito equilibrado e imotivo de princípio ao fim, com os dois atletas a dar o melhor de si, com bons pormenores técnicos, num combate que poderia cair para qualquer lado dado o equilíbrio existente, no final o coletivo de juízes atribuem a vitória ao atleta da casa por margem mínima.

Ivo Cardoso treinador da equipa KTF só podia estar contente e radiante com as prestações dos seus pupilos” Estou muito orgulhoso de todos, todos deram o seu melhor, todos souberam trabalhar em equipa, quer os da gala, quer os que estão a fazer o campeonato nacional, viemos para ganhar, mas sobretudo para aprender e evoluir, queremos formar bons atletas e campeões e estou a ver a postura correta e pormenores muito bons, mesmo dos mais novos.

Foi um fim de semana desgastante, de loucos mesmos, mas não trocava isso por nada.´

Não e fácil chegarmos ca, numa prova destas, com o numero de atletas que tem, o numero de combates que as vezes temos que fazer, muitas vezes em mais que uma vertente quase em simultâneo.

Foi um orgulho e uma honra em 72 equipas presentes, onde muitas delas ate tem bem mais historia e experiencia que nos em Kempo e conseguirmos o 2 lugar geral, a uma diferença mínima do primeiro lugar, penso que se para o ano quisermos, teremos todas as condições e atletas para ficar em primeiro lugar, pois relembrou que muitos era a primeira vez e não trouxemos algumas peças importantes.

Foi um bom nacional de Kempo e preparei assim da melhor maneira a participação que eu ( Ivo Cardoso) Nuno Pinto, Ângelo Fernandes, Tiago Castro e Ruben Torres vamos ter no campeonato do Mundo de Kempo já no final deste mês na Hungria.”

..........
Ivo Cardoso