Pimeira fase do Parque de Lazer das Taipas inaugurada

Presidente da Junta de Caldelas lançou desafio para classificação da Praia Seca como a primeira praia fluvial do concelho de Guimarães.



O Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, inaugurou este domingo, 27 de outubro, o Parque de Lazer da Praia Seca, em Caldas das Taipas. O novo parque dispõe de uma área com mesas, lavatórios e grelhadores. Junto ao espaço confinado pela Rua do Rabelo, pela Ribeira da Agrela e pelo Rio Ave foi criada ainda uma área para estacionamento automóvel e foi também feita a plantação algumas árvores.


Domingos Bragança destacou a política ambiental desenvolvida pelo Município de Guimarães, ao nível do envolvimento da comunidade, com a intervenção das Juntas de Freguesia, a criação de Brigadas Verdes, a implementação de projetos de Educação Ambiental nas escolas e a elaboração de planos, em conjunto com várias entidades, para toda a bacia hidrográfica. “Gostaria de lançar o desafio para construir um percurso ao longo da margem do rio ave, pedonal e/ou ciclável onde for possível, desde Donim até Serzedelo ou Ronfe. Este é um desafio que pretendemos seguir, consciente que vai demorar muito tempo, mas com o trabalho das Juntas de Freguesia e Brigadas Verdes podemos tornar possível este percurso e levar a montante a este projeto, englobando todo o território”, salientou o presidente da Câmara Municipal de Guimarães. Domingos Bragança destaca a importância de “envolver todos na proteção do rio”, enaltecendo a defesa da sustentabilidade ambiental como uma prioridade, no plano da natureza, assim como “apoiar aqueles que mais precisam”, no plano social.

PRAIA SECA

O Presidente da Junta de Caldelas, Luís Soares, considerou que este “é um dia particularmente feliz para a comunidade”, fazendo questão de agradecer o apoio da equipa de técnicos da Câmara Municipal na execução desta primeira fase do Parque de Lazer. “Com a inauguração desta primeira fase do Parque de Lazer, torna possível as pessoas usufruir do nosso património e serem, também, fiscalizadores”, salientou. “A nossa expetativa é continuar a acrescentar valor ao projeto ambiental a decorrer na nossa Vila. Temos o sonho de termos uma praia fluvial e vamos acalentando a cada dia e com mais esperança. Vamos trabalhar para que este espaço seja classificado como a primeira praia fluvial do concelho de Guimarães, pois temos definido o objetivo que este espaço seja classificado como a Praia Fluvial da Praia Seca pela Agência Portuguesa do Ambiente”, expressou o autarca.



Em representação da Agência Portuguesa do Ambiente, Pimenta Machado sublinhou que “esta obra é a primeira fase de um projeto muito mais ambicioso” recordando o trabalho já desenvolvido em parceria com o Município de Guimarães. “Recordo que em 2015, a montante das Taipas, existiam situações não controláveis de focos de poluição e realizou-se um trabalho de muita intensidade e os episódios de poluição reduziram consideravelmente”. Em simbiose com a estratégia de política ambiental da Câmara de Guimarães, o Presidente a Agência Portuguesa do Ambiente assumiu a elaboração de um protocolo para cofinanciar, agora, a ligação entre o Parque de Lazer da Praia Seca e o Parque no Centro das Taipas.

Partilhar