Homem continua desaparecido em Guimarães

Buscas para encontrar Fernando “Conde” decorrem hoje com a ajuda da população entre as Taipas e a freguesia de Barco. Ontem foi encontrado o seu telemóvel perto do rio, porém falta encontrar este cidadão e o seu automóvel.


O telemóvel do homem que desapareceu há dez dias em Guimarães foi, este sábado, encontrado nas margens do rio Ave.

As autoridades realizaram buscas no local por este electricista, mas acabaram por ser canceladas dez dias depois do desaparecimento. Entretanto, os familiares contrataram uma equipa da Associação Portuguesa de Buscas e Salvamento que, este sábado, encontraram o telemóvel do homem nas margens do rio Ave, na freguesia de Barco, e Guimarães.

Equipa de Mergulhadores dos Bombeiros Voluintários de Vizela foi accionada pelo CDOS de Braga, ao início na passada semana para uma ocorrência de Busca e Resgate Aquático na rua de Pedraido, em Sande Vila Nova, Concelho de Guimarães. Para o local foram accionados quatro mergulhadores apoiados por dois veículos e a embarcação (barco) em busca de homem desaparecido.

As autoridades foram alertadas às 17 horas e para o local foi uma equipa da GNR que vedou a área. Um equipa da PJ recolheu o telemóvel que será analisado.
Fernando "Conde" de 61 anos, tinha um encontro marcado para realizar um alegado trabalho com um homem das Taipas no dia 8 de janeiro ligado ao ramo da diversão noturna mas segundo aquele o encontro não se deu. O taipense, talvez na sequência de rumores, tentou suicidar-se e recebeu tratamento hospitalar.
Para hoje foram convidadas todas as pessoas a participar nas buscas.
Os bombeiros de Vizela com a sua equipa de mergulho também já participaram nas buscas por este cidadão desaparecido de Creixomil o que tem deixado a sua família em alvoroço.

Partilhar