Câmara Municipal apela ao recolhimento domiciliário

Marginal Ribeirinha Vizela
Tendo chegado ao conhecimento da Câmara Municipal de Vizela de alguma aglomeração
de pessoas no decorrer da tarde de domingo, antes das chuvas verificadas, na Praça da República e da Marginal Ribeirinha, informa-se que o Presidente da Câmara solicitou a intervenção das autoridades policiais, tendo em consideração as regras determinadas pelo Estado de Emergência que foi decretado.
A CMV acrescenta "De destacar que se tratam de casos pontuais, e que a população de Vizela está de parabéns e tem colaborado no cumprimento das medidas decretadas pelo Estado de Emergência Nacional."

A edilidade apela à população vizelense para respeitar as recomendações das autoridades devendo, sempre que possível, evitar deslocações para fora do domicílio, preservando o recolhimento domiciliári

-----
Na sequência do surto da nova estirpe de Coronavírus (COVID-19), foi decretado o Estado de Emergência Nacional, através do Decreto Presidencial nº 14-A/2020, de 18 de março, tendo sido decretadas pelo Governo, através do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, um conjunto de medidas de ordem preventiva e restritiva, designadamente deveres de confinamento obrigatório e de especial proteção, para evitar a transmissão da doença na comunidade.

Fotos Marta Graça

Partilhar