Câmara Municipal de Guimarães define plano de contingência

Procedimentos no sentido de antecipar e gerir o impacto do COVID-19 no funcionamento dos serviços municipais.

A Câmara Municipal de Guimarães dispõe de um plano de contingência onde se define um conjunto de procedimentos de prevenção da infeção por SARS - CoS-2 (COVID -19), seguindo as recomendações emitidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), bem como o Despacho n.º 2836-A/2020 dos Gabinetes das Ministras da Modernização do Estado e da Administração Pública, do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e da Saúde.



Neste documento estão previstos diversos procedimentos no sentido de antecipar e gerir o impacto do COVID-19 no funcionamento dos serviços municipais, bem como de proporcionar a informação adequada aos trabalhadores da autarquia, quer em termos de prevenção, quer de identificação e de atuação perante eventuais casos.



Perante as necessidades e exigências do concelho, este plano de contingência é evolutivo e com cariz operacional.



Foi criada uma estrutura interna que funciona em articulação com os agentes de saúde e proteção civil locais e que centralizam as respostas e decisões face à evolução da situação municipal.



A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”. A autarquia relembra que é fundamental o cumprimento das medidas de prevenção recomendadas e qualquer suspeita deve ser comunicada nos termos descritos pela DGS (www.dgs.pt/corona-virus.aspx).





Partilhar