Carta ao Primeiro ministro

"A Câmara Municipal de Vizela enviou uma carta ao Sr. Primeiro Ministro, Dr. António Costa, a qual se remete em anexo, na qual, o Município de Vizela solicita que, a curto prazo, sejam objeto de orientações fundamentais as seguintes decisões, de modo a esbater as
diferenças que se têm verificado no tratamento das diversas regiões do País, assim como a salvaguardar a saúde e a economia da região Norte do País:


1. As autarquias locais sejam consideradas como um parceiro preferencial da administração central no combate ao surto do coronavírus SARS-COV-2, passando as diversas entidades envolvidas a colaborar e cooperar entre si em parceria, pois, apenas com união de esforços, se poderá combater eficazmente esta crise.


2. Reforço claro e inequívoco do número de testes a realizar na região Norte, enquanto medida adotada com caráter preventivo e restritivo conducente à contenção do surto epidémico.

3. Adoção urgente de medidas de caráter excecional de proteção à saúde das populações e à economia da região Norte do País, por se encontrar a ser arrasada sanitária e economicamente pelo surto do coronavírus SARS-COV-2.


Deste modo, a Câmara Municipal de Vizela solicita ao Sr. Primeiro Ministro, Dr. António Costa, uma atenção redobrada para a região Norte do País, de modo a ser-lhe concedida uma atenção específica e adequada às respetivas caraterísticas, pois só assim poderá ser combatido eficazmente o surto epidémico e, consequentemente, as consequências sanitárias e económicas do mesmo.

CAMARA MUNICIPAL DE VIZELA
14 de abril de 2020


Partilhar