Mais 26 pessoas morreram nas últimas 24 horas

Já morreram 435 pessoas com a infeção SARS-CoV-2 em Portugal


Desde 1 de janeiro, 15472 pessoas ficaram infetadas com o novo coronavírus. Em relação a esta quinta-feira, o número de casos confirmados aumentou para 1516 infeções, o maior número até ao momento registado num dia em Portugal.

O número de recuperados subiu para os 233. Dos 1179 doentes internados em hospitais, 226 permanecem nos cuidados intensivos.

Mais de 96 mil mortos no mundo

O balanço da agência France Presse dá conta de 96.340 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia. Houve ainda mais de 1,5 milhões de infetados.

Os Estados Unidos são o país mais afetado em número de casos, com 466.299 casos e 16.686 mortos, continuando a Europa a ser o continente com mais casos contabilizados (826.382) e de mortos (66.642).
-----
 Até às 24 horas da próxima segunda-feira, os portugueses não podem circular fora do concelho de residência. As excepções são deslocações para trabalha ou por questões de saúde.

NOVAS QUARENTENAS
A renovação do estado de emergência nacional feita por Marcelo Rebelo de Sousa a 1 de abril poderá acontecer, pelo menos, mais duas vezes. O Governo estará a ponderar a continuidade de restrições e condicionalismos até meados do próximo mês.

 RECLUSOS - Em nota publicada no site da Presidência, Marcelo Rebelo de Sousa quis esclarecer o indulto especial que vai ser concedido a parte dos reclusos durante o estado de emergência nacional.
"Contrariamente a notícias falsas difundidas, a possibilidade de indulto especial previsto na Lei da Assembleia da República aprovada esta quarta-feira, não se aplica a homicidas e pedófilos", esclarece o Presidente da República na nota publicada no site da Presidência.

-------------

VACINAS DISPONÍVEIS?

Na corrida ao desenvolvimento da vacina contra a Covid-19 contam-se, neste momento, 115 candidatas. Destas, 78 estão ativas e cinco em fase de ensaios clínicos, divulgou a revista científica Nature, na quinta-feira.
A sequência genética do SARS-CoV-2 , o coronavírus que causa a Covid-19, foi publicada a 11 de janeiro de 2020 e, desde essa altura, começou uma intensa atividade a nível global para desenvolver uma vacina contra a doença.

Atualizados a 8 de abril, os dados revelam que há 115 vacinas candidatas, das quais 37 não foram confirmadas como estando em situação ativa por falta de informação disponível.

Das 78 vacinas candidatas ativas, 73 encontram-se em fase exploratória ou pré-clínica e as restantes cinco estão já em ensaios clínicos, isto é, a ser testadas em seres humanos.

MÁSCARAS
A Direção-geral da Saúde garante que vai ser divulgado um parecer do Centro Europeu de Controlo de Doenças Transmissíveis, adequado à “nossa realidade”. Graça Freitas frisa que as autoridades de saúde tem agido em conformidade com as orientações da OMS.

--
 605 mortos em Espanha


Espanha registou 605 mortos nas últimas 24 horas, o número mais baixo desde 24 de março. No total, morreram 15.843 pessoas em Espanha desde o início da pandemia. Houve 157.022 casos confirmados de infeção e 55.668 pessoas já recuperaram.

Nas últimas 24 horas houve 4.576 novos casos de infeção, o que representa a taxa mais baixa de crescimento (3%) de contágios desde o início da pandemia no país. 
 
 EUA registam 1.783 mortes em 24 horas
Os Estados Unidos registaram esta quarta-feira 1.783 mortes pela Covid-19, em 24 horas, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

China regista 42 novos casos
A China registou 42 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, incluindo quatro de contágio local nas últimas 24 horas.
 
 Nas últimas 24 horas, Itália registou 604 mortes por devido ao novo coronavírus, elevando o número de vítimas mortais no país para 17,127.
No balanço feito esta terça-feira, as autoridades dão conta de 3.039 novos casos de covid-19, em comparação com os 3.599 registados no dia anterior.
Ao todo, 135.586 já foram infetadas, das quais 24.392 estão recuperadas. Há ainda 3.792 pessoas nos cuidados intensivos.


Partilhar