Comércio local com máscaras e viseiras

Atendendo a que o comércio local foi das primeiras atividades a retomar a atividade, e porque é fundamental assegurar o bom funcionamento deste setor dentro do contexto atual, a Câmara Municipal, em articulação com a ACIV-Associação Comercial e Industrial de Vizela, está a distribuir
mascaras E viseiras aos comerciantes, uma medida que, para além de ser relevante do ponto de vista da saúde pública, trata-se, acima de tudo de uma ação de sensibilização para o uso, principalmente por aqueles que atendem diretamente o público, de forma a que se consciencializem das medidas de proteção a adotar, retomando com segurança a sua atividade.

As máscaras e viseiras já estão disponíveis para levantamento, pelo que os comerciantes podem deslocar-se às instalações da ACIV para recolher estes materiais de proteção.

De destacar que esta medida vem associar-se ao protocolo assinado entre a Câmara Municipal e a Associação Comercial e Industrial de Vizela de atribuição de apoio financeiro de até € 135.000,00 para prestação de auxílio económico aos comerciantes de Vizela correspondente a 100% do valor das despesas referentes ao fornecimento de água e eletricidade, assim como tarifa de disponibilidade do serviço de gestão de resíduos dos estabelecimentos comerciais que se encontrem encerrados e com atividade suspensa ou a 50% dos valor das despesas referentes ao fornecimento de água e eletricidade, assim como tarifa de disponibilidade do serviço de gestão de resíduos dos estabelecimentos comerciais que se encontrem encerrados, mas com atividade (regime de take away), face às dificuldades decorrentes do surto epidémico do coronavírus SARS-COV-2.

A Câmara Municipal de Vizela reforça que o fim do confinamento deve ser gradual, prudente e progressivo e, sobretudo, dentro dos possíveis, protegido, tendo em consideração que pode representar um risco de surgimento de um novo surto, pelo que apela aos vizelenses para respeitar as recomendações das autoridades, devendo, sempre que possível, evitar deslocações para fora do domicílio, preservando o recolhimento domiciliário.


Partilhar