Grades de proteção removidas no Parque das Termas

Autarquia alerta que o período de isolamento ainda não terminou de todo e recomenda que se respeitem as áreas delimitadas.



A Câmara Municipal de Vizela emitiu uma nota dando conta da remoção das grades colocadas no Parque das Termas e Marginal Ribeirinha.

"A Câmara vem desta forma expressar a sua indignação por aquilo que considera um ato inadmissível, colocando em causa uma decisão desta Autarquia. Todos sabemos que a realidade tal como está não se pode manter e que o fim do confinamento é inevitável, contudo, a reabertura deverá ser gradual, prudente e progressiva e, acima de tudo, protegida, acompanhada de uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação» - lê-se na nota.

Acrescenta ainda: "Apesar de compreender que estamos naturalmente saturados e exaustos do isolamento, apelamos à responsabilidade e ao civismo de todos os munícipes, para que de forma consciente cumpram as regras e acatem as decisões das autoridades, em especial nesta altura, para evitar a transmissão da doença na comunidade»


Partilhar