"Líder do PS-Vizela arguida por usar meios da Câmara"

Edição de hoje do Jornal de Notícias avança na página 17, na secção Justiça-Investigação, que a presidente do Partido Socialista de Vizela foi constituída arguida pelo Ministério Público por suposto uso de material da Câmara Municipal de Vizela na campanha eleitoral do PS em 2017 para as autárquicas.
A peça (não assinada) diz que Dora Gaspar, também vereadora no atual executivo da CMV, não se quis pronunciar sobre este assunto.

PUBLICAÇÃO JN (27-05-2020)


Partilhar