Participação económica em negócio de Santa Eulália no JN

A edição de hoje do Jornal de Notícias, numa peça assinada pelo jornalista Delfim Machado, notícia o despacho do Ministério Público no Diap da Procuradoria da República de Braga, sobre uma participação económica na qual está envolvido o presidente da Junta de Freguesia de Santa Eulália. Manuel Pedrosa refere ao diário «estou de consciência tranquila».





O  despacho integral do MP refere:

"Participação económica em negócio; acusação | Ministério Público na Comarca de Braga


Participação económica em negócio; autarca; obra de demolição; acusação | Ministério Público no Diap da Procuradoria da República de Braga (Braga, 1.ª secção)
Por despacho datado de 0.05.2020, o Ministério Público no Diap da Procuradoria da República de Braga (Braga, 1.ª secção) deduziu acusação contra um arguido imputando-lhe a prática de um crime de participação económica em negócio.
Indiciou o Ministério Público que o arguido, presidente de uma junta de freguesia do município de Vizela, no ano de 2018, actuando nesta qualidade, adjudicou por ajuste directo uma obra de demolição a uma sociedade, pelo preço de €9 500, sabendo que esta, para levar a cabo essa obra, iria contratar o aluguer de uma máquina e de um camião pertença de uma outra sociedade de que ele, arguido, era único sócio e legal representante, como veio a suceder pelo valor de €2 000."

Partilhar