Festival Guimarães Clássico com três concertos adaptados à realidade da pandemia

Município de Guimarães mantém a aposta em eventos culturais, no sentido de retomar a normalidade. Música de Câmara passará pela Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, Paço dos Duques de Bragança e Igreja de São Francisco.



Entre os dias 19 e 22 de agosto, Guimarães acolhe a mais uma edição do “Festival Guimarães Clássico”, com um programa adaptado à realidade da pandemia, mas com uma série de concertos de alto nível para público da cidade e seus visitantes. Andriy Viytovych, considerado um dos melhores e mais versáteis violetistas britânicos, Vasko Vassilev, concertino da Orquestra Opera House em Londres ou a Academia da Baltiuc Neopolis Orchestra são algumas das referências que complementam o programa deste ano. Os concertos, limitados à lotação dos espaços, passam pela Igreja Nossa Senhora da Oliveira (quarta-feira), Paço dos Duques de Bragança (sexta-feira) e Igreja de São Francisco (domingo), sempre às 212h30.

Este programa assume uma “dupla missão” nas vertentes “cultural e turística”, segundo Paulo Lopes Silva, adjunto da Vereadora da Cultura. “Mantemos uma aposta na programação cultural para os vimaranenses e também para quem visita a cidade neste período de férias, numa ligação ao património”. Paulo Silva lembrou o “contexto especial” devido à pandemia, reforçando a atenção do Município no apoio aos artistas e instituições culturais. “Há poucas instituições com capacidade para manter a atividade cultural viva neste momento e o Município de Guimarães assume essa responsabilidade, através dos meios disponíveis, para que possa acontecer no âmbito das condições de segurança exigidas, com atividades a surgirem em pontos diferentes da cidade”.
O diretor artístico do Festival, Emanuel Salvador, fez ainda referência à vertente pedagógica, com a presença de alunos oriundos da Polónia para participar em sessões de masterclass e a afirmação do Festival no panorama local. Referência para o concerto de encerramento, numa homenagem aos 250 anos do nascimento de Beethoven.

O Festival Guimarães Clássico é um projeto conjunto do Quarteto de Cordas de Guimarães e da Câmara Municipal, com o intuito de promover a música de câmara, tendo como base os membros do Quarteto de Cordas de Guimarães e convidados ilustres.

Consultar programa: https://www.cm-guimaraes.pt/cmguimaraes/uploads/writer_file/document/8270/programa_final_guimaraes_classico.pdf

Partilhar