Estado de Calamidade em todo o País

O Conselho de Ministros decidiu esta quarta-feira elevar o nível de alerta em todo o território para estado de calamidade.

Numa comunicação ao país, o primeiro-ministro classificou a evolução da pandemia no país como “grave”. 

A partir das 24h00 de hoje entram em vigor uma série de novas medidas para controlar a propagação da pandemia. São elas: Proibição de ajuntamentos na via pública de mais de 5 pessoas. Limitação aplica-se também a espaços comerciais e de restauração. 

 Limitação a máximo de 50 pessoas em eventos de natureza familiar como casamentos e batizados. Proibidos festejos académicos e atividades de caráter não letivo. 

Reforço das ações de fiscalização das forças de segurança e ASAE. Agravamento até 10 mil euros das coimas às pessoas coletivas que não cumpram regras de lotação e distanciamento. 

 Governo quer impor uso obrigatório de máscara na rua.

 O primeiro-ministro informou ainda que irá apresentar à Assembleia da República uma proposta de lei para que seja obrigatório o uso de máscara na via pública, "com óbvio bom senso de só nos momentos em que há mais pessoas na rua". 


Partilhar