Vila de Ponte inaugura Parque Inclusivo

Vila de Ponte inaugura Parque Inclusivo e com preocupações na área da sustentabilidade Domingos Bragança destaca uma “obra completa” que serve de referência à condição de “Guimarães Cidade Amiga das Crianças”.

O primeiro Parque Inclusivo no concelho de Guimarães foi inaugurado este sábado, 24 de outubro, na Vila de Ponte. A obra foi concretizada pela Junta de Freguesia de Ponte, com o apoio do Município de Guimarães, contemplando equipamentos de lazer, fitness, mobiliário urbano, rampas de acesso a pessoas com mobilidade reduzida e adequadas ainda a invisuais, parque de estacionamento, assim como espaços ajardinados. 

O Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, salientou o “exemplo de uma obra completa para servir todos os cidadãos” e com referência para as preocupações ambientais. “Estamos perante uma obra bem conseguida e de referência, quer no âmbito da dimensão social ao proporcionar as condições necessárias para crianças e adultos com mobilidade reduzida, como na área da sustentabilidade com a criação de mobiliário a partir de materiais recicláveis”. Para Domingos Bragança, através deste projeto, Guimarães reforça o estatuto de “Cidade Amiga das Crianças”, através do reconhecimento da UNICEF, que destaca o compromisso e o envolvimento ativo em promover e defender os direitos da criança e melhorar a situação das crianças no território. 

O Presidente da Junta de Ponte, Sérgio Castro Rocha, apontou a concretização de “um projeto que estávamos a ambicionar há anos”. O autarca explicou que “o terreno já era propriedade da Junta de Freguesia, com cerca de 1500 m2, e pretendíamos concretizar algo a pensar em todos: adultos e crianças com mobilidade reduzida”. Sérgio Castro Rocha sublinhou o apoio do Presidente da Câmara e frisou as atenções assumidas na área da sustentabilidade ambiental. “Estes equipamentos estão suportados com iluminação produzida por painéis fotovoltaicos, porque as questões ambientais também estiveram sempre presentes, desde a colocação dos ecopontos, equipamento urbano produzido por materiais recicláveis e as plantas que vieram do Horto de Ponte”, constatou. 

Está ainda criado o espaço para equipamentos de carregamento para veículos elétricos. A inauguração do Parque Inclusivo de Ponte decorreu este sábado associada ainda às comemorações dos 75 anos da Organização das Nações Unidas (ONU), no âmbito dos objetivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030 sob a missão de “fornecer acesso universal a espaços verdes e públicos seguros, inclusivos e acessíveis, especialmente para mulheres e crianças, idosos e pessoas com deficiência” Informa-se que os equipamentos do Parque Infantil e Parque de Fitness estão ainda encerrados, no âmbito das medidas de restrição devido à pandemia e, para já, apenas pode ser utilizado o parque de estacionamento para automóveis.

Partilhar