Início dos testes antigénio nos Bombeiros de Vizela

 

Depois da Câmara Municipal ter sido a primeira Autarquia do País a adquirir testes de pesquisa de antigénio desenvolvidos para o diagnóstico do SARS-CoV-2, que começam a ser realizados hoje, onde serão testados os bombeiros voluntários de Vizela, seguindo-se os testes aos funcionários e professores de creches, jardins-de-infância e escolas do 1.º ciclo da rede pública e privada do Concelho.

A Câmara Municipal irá também disponibilizar a realização destes testes antigénio para o comércio local, em caso de surgimento de casos ou de pessoas que apresentem sintomas ou contactos com pessoas infetadas, no sentido de assegurar o bom funcionamento deste setor dentro do contexto atual, assim como criar condições de segurança, em especial para esbater a propagação do surto associada a esta nova realidade, aferindo quem possa estar infetado e desta forma evitar a propagação, entre a comunidade vizelense. 

No contexto da situação epidemiológica atual, a Câmara Municipal considera da maior importância, não só o aumento do número de indivíduos testados, mas também a rapidez do diagnóstico, tendo como objetivo a deteção rápida, no sentido de uma implementação célere de medidas de isolamento que conduzam à contenção da transmissão do vírus. 

Assim, a Câmara Municipal criou uma equipa de emergência de testes COVID-19, para a realização dos testes antigénio, efetuados numa unidade de rastreio móvel, uma carrinha devidamente adaptada para o efeito, sendo esta equipa constituída por profissionais de saúde, que estarão disponíveis para testar em caso de necessidade, em especial nas escolas, nas USF’S, nas IPSS, nos bombeiros locais e no comércio local. 

Estes testes serão também utilizados no caso do surgimento de eventuais surtos. A realização dos testes de pesquisa de antigénio desenvolvidos para o diagnóstico do SARS-CoV-2 é, assim, mais uma das medidas pioneiras da Câmara Municipal de Vizela, adotada no âmbito do Programa de Apoio Municipal – VIZELA COVID-19, para assegurar o combate ao surto e a proteção social, com o objetivo de salvaguardar o interesse público municipal.

Partilhar