Apoio ao comércio e hotelaria de Guimarães


Apoios ao comércio tradicional e restauração aprovados em reunião de câmara Vouchers para desconto em compras na plataforma eletrónica Proximcity e apoio nos custos do serviço de entrega ao domicílio foram as medidas hoje aprovadas Foram hoje aprovados, em Reunião de Câmara, apoios destinados a fomentar o consumo no comércio local, medidas que procuram diminuir o impacto económico negativo no comércio tradicional e nos estabelecimentos de restauração e similares do Concelho de Guimarães.


O primeiro apoio aprovado destina-se a fomentar a utilização da recém-anunciada plataforma de comércio eletrónico do Concelho, a Guimarães Proximcity, e traduz-se num subsídio atribuído à Associação Vimaranense de Hotelaria para comparticipação nos custos de atribuição de vouchers aos primeiros 2600 utilizadores que se registem na plataforma, o que pode ser feitos através da aplicação disponível para os sistemas operativos Android e iOS. 

Cada um dos premiados receberá um voucher no valor de 15 euros que podem ser descontados em compras nos estabelecimentos aderentes, até 31 de dezembro de 2020. Um outro apoio, igualmente em forma de subsídio à Associação Vimaranense de Hotelaria, tem como objetivo a comparticipação nos custos de entrega ao domicílio, numa altura em que grande parte dos Vimaranenses, em virtude do agravamento das restrições impostas pela subida de casos de Covid-19, opta por este serviço. 

O valor atribuído, de 40 mil euros, destina-se aos estabelecimentos aderentes à plataforma Guimarães Proximcity, e servirá para ajudar nos custos da gestão operacional e contabilística, pagamentos e relatórios de atividades dos pedidos de entrega por parte dos comerciantes. Na habitual conferência de imprensa do final da Reunião de Câmara, o Presidente da Câmara, Domingos Bragança, fez questão de frisar que estes apoios são válidos para todo o Concelho de Guimarães, e que resultam da entrada em funcionamento do quiosque eletrónico de Guimarães que foi desenvolvido à medida das necessidades dos comerciantes. 

“Este é um apoio para o presente, que beneficia todo o comércio e restauração do Concelho, e que é decisivo para que a plataforma de vendas online tenha sucesso nesta fase inicial”, disse. Domingos Bragança referiu que estas medidas se inserem numa lógica de complementaridade com as medidas do Governo, e que foram decididas em cooperação com as diversas associações do setor. “O importante é que a dinamização comercial seja feita em cooperação”, destacou. O Edil mostrou estar também atento às formas tradicionais de exercer a atividade comercial, de restauração e de Serviços, “que continuam e continuarão muito a fazer-se presencialmente”. 

Nesse sentido, anunciou mais uma medida adicional de apoio à “ACTG - Associação do Comércio Tradicional de Guimarães “, para a campanha de Natal, que será levada à próxima reunião de câmara. Trata-se da atribuição de senhas de sorteio de bicicletas elétricas, até ao máximo de 10, para quem adquirir fisicamente nas lojas do Concelho de Guimarães, que serão sorteadas no dia de Reis. “Estas medidas destinam-se a ajudar o comércio e a restauração, nestes tempos difíceis”, concluiu.

Partilhar