Vizela: Menos restrições este domingo


Não há recolher obrigatório às 13h. 

Com o número de novos infetados por COVID-19 a baixar consideravelmente, último domingo do ano será mais "normal" que os anteriores.

De acordo com o boletim publicado pela DGS a 21 de dezembro, Vizela apresenta uma incidência da infeção por coronavírus de 389 casos por 100.000 habitantes, o que a coloca no patamar dos concelhos com risco Elevado - o terceiro mais grave na categoria, e onde esteve nos últimos meses: "Muito Elevado" e "Extremamente Elevado". Manterá esta classificação até dia 7 de janeiro, data em que será reavaliado o risco por concelho.

Isto significa que há um aligeirar das restrições e que não existe restrição de circulação nem recolher obrigatório ao fim de semana a partir das 13h, como tem sido até aqui. Boas notícias também para o comércio, que ao fim de semana poderá manter os horários que têm durante a semana: limite até às 22h, com excepção dos restaurantes e equipamentos culturais, que será às 22h30.

No entanto, a circulação neste domingo está "limitada" e só poderá ser feita dentro do concelho de Vizela, uma vez que todos os concelhos vizinhos se encontram em risco "Muito Elevado" ou "Extremamente Elevado" e como tal contam com restrições de circulação e recolhimento obrigatório a partir das 13h.

Entre o dia 31 de dezembro e o dia 4 de janeiro voltam as restrições apertadas, que serão iguais para todos os concelhos de Portugal Continental:

- Festas públicas ou abertas ao público estão proibidas
- Ajuntamentos na via pública com mais de seis pessoas também estão proibidos
- Entre as 00h00 do dia 31 de dezembro e as 5h00 do dia 4 de janeiro está proibida a circulação entre concelhos;
- No dia 31 de dezembro está proibida a circulação na via pública a partir das 23h00
- Nos dias 1, 2 e 3 de janeiro está proibida a circulação na via pública a partir das 13h00
- No dia 31 de dezembro os restaurantes podem estar abertos até às 22h30
- Nos dias 1, 2 e 3 de janeiro os restaurantes podem estar abertos até às 13h00. Depois dessa hora, a comida terá de ser entregue no domicílio (serviço de take-away)

Não se esqueça: proteja-se a si e aos seus, use máscara, fique no seu domicílio sempre que possível e mantenha hábitos saudáveis.

Partilhar