Moreirense parte para o terceiro treinador

César Peixoto já não é o treinador do Moreirense. Teve vida curta no banco do Moreirense o treinador que rendeu Ricardo Soares (Gil Vicente). As causas são desconhecidas.

Em véspera do jogo com o FC Porto, o Moreirense em
 comunicado, revela que “por iniciativa do treinador César Peixoto foi solicitado a rescisão de contrato”. A SAD “agradece todo o profissionalismo ao treinador César Peixoto, bem como a sua equipa técnica, desejando-lhes os maiores sucessos desportivos e pessoais”. Com César Peixoto, também deixaram o Moreirense os adjuntos Diogo Coutinho, Rodrigo e João Correia. Leandro Mendes, Paulo Lobo e Fábio Campos continuam em funções e orientaram o treino desta manhã. 
Vão liderar a equipa na partida com o FC Porto.
Desconhece-se o nome do sucessor de César Peixoto, treinador que orientou o Moreirense em apenas três jogos. Ninguém tinha feito por menos.

Partilhar