Apoio a famílias carenciadas no ensino à distância


Câmara de Guimarães apoia famílias carenciadas para o ensino à distância Ensino à distância regressa no dia 8 de fevereiro. Articulação entre as escolas e Município de Guimarães. 

A Câmara Municipal de Guimarães está a trabalhar em articulação com as escolas o regresso do ensino à distância, já no dia 8 de fevereiro. A Vereadora da Educação, Adelina Pinto, abordou o apoio às escolas e alunos no âmbito do regresso do ensino à distância. “A nossa resposta tem de ser diferenciada e não podemos limitar-nos às necessidades básicas. 

As nossas crianças e jovens precisam de continuar a ter acesso aos livros, à cultura, às artes e por isso continuam a ser preparados conteúdos digitais que continuem a estimular as nossas crianças e a prepará-los para um mundo que vai ser mais exigente e vai precisar de mais competências transversais!” Com o retomar do modelo de ensino à distância, a partir do dia 8 de fevereiro, as escolas e a câmara municipal estão a fazer o levantamento das necessidades de equipamentos e/ou internet! 

“Na primeira fase do ensino à distância procedemos à aquisição de 500 computadores e cerca de 500 tablets para o 1º ciclo, sendo a nossa área de competência, e apoiamos ainda os agrupamentos e escolas secundárias com um subsídio de 12 500 euros no sentido de suprir as necessidades para o ensino à distância. 

Acredito que temos todas as condições para garantir o ensino à distância para todos os alunos!”, salientou Adelina Pinto. Estão ainda asseguradas as refeições escolares a todos os alunos com escalão, assim como a todos os que comprovem vulnerabilidade social. Neste período de interrupção das aulas estão a ser servidos cerca de duas centenas de almoços diários, no universo dos 14 agrupamentos escolares do concelho. 

As refeições são entregues nas escolas ou, para quem não tiver possibilidade, o Município assume a entrega em casa. 

Para os alunos do 1.º ciclo será ainda disponível o lanche ou reforço alimentar. Para complementar a oferta social e educativa, o Município dispõe ainda de sistemas de aprendizagem nas plataformas digitais (Mais Cidadania, Hypatiamat...) e ainda atividades à distância, no âmbito das AEC, AAAF e CAF’s, reforçando o papel das Artes e do Desporto na formação das nossas crianças!

Partilhar