Câmara de Guimarães duplicou o apoio a projetos e atividades culturais

Foram aprovadas 90 candidaturas com projetos para o primeiro semestre de 2021, no âmbito do IMPACTA (Investimento Municipal em Projetos e Atividades Culturais, Territoriais e Artísticas), num total de mais de 300 mil euros. 


A Câmara Municipal de Guimarães reforçou o apoio às atividades culturais ao atribuir um total de 303.138,00€, através do IMPACTA, para o primeiro semestre deste ano, depois de ter atribuído um valor da mesma ordem de grandeza para o segundo semestre de 2020. Os apoios a Entidades e Criadores de Guimarães foram formalizados esta quinta-feira, 18 de fevereiro, numa sessão com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, e da Vereadora da Cultura, Adelina Pinto.

 “Atravessamos um período difícil para o setor da cultura, devido à situação de pandemia, e neste sentido o Município de Guimarães manifesta o apoio possível para incentivar as instituições vimaranenses e os artistas locais, que apresentam um pensamento transversal sobre as atividades culturais no território”, expressou Domingos Bragança. 

“A cultura deve estar sempre presente, como um sinal de transformação e de esperança que pretendemos assinalar no presente e futuro, valorizando a importância do associativismo neste contexto cultural”, vincou o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães. 

 De entre os projetos apoiados destacam-se projetos de criação artística, edições literárias e musicais, projetos de investigação, Atividades Culturais e Circulação Nacional e Internacional. A estes juntam-se os habituais Protocolos de Descentralização Cultural com todo o território, ao abrigo do Apoio à Circulação Concelhia. 

A Vereadora da Cultura, Adelina Pinto, destaca “o investimento e apoio à criação no sentido de garantir que a cultura em Guimarães seja cada vez mais diversificada e qualificada” com base nas candidaturas que foram submetidas, sob enquadramento dos critérios estabelecidos no regulamento municipal que foi implementado em 2020.

Partilhar